Governo abre mercado do Quatar à exportação de batatas.

Governo abre mercado do Quatar à exportação de batatas.

O Governo abriu um novo mercado para os produtores nacionais de batata. Os operadores podem a partir de agora exportar para o Qatar, um mercado com um potencial de cerca de 2,6 milhões de consumidores. Os produtores de batatas juntam-se assim aos produtores de pintos do dia e de ovos de incubação que desde 2016 podem exportar para o Qatar. Para o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, “este passo é resultado do forte investimento deste Governo na abertura de mercados e na internacionalização”.

A internacionalização é uma das prioridades da política do Governo, constituindo um dos eixos mais importantes do reforço da competitividade do setor agroalimentar e da economia portuguesa, tendo em vista o aumento das exportações agroalimentares. O Governo abriu já 54 mercados, para 202 produtos (155 da área animal e 47 de origem vegetal) e, neste momento, o Ministério da Agricultura está a trabalhar de forma intensa na abertura de 58 mercados, para viabilização da exportação de 274 produtos, sendo 223 da área animal e 51 da área vegetal.

Para a exportação, previamente ao início das operações para países terceiros, é geralmente necessário estabelecer com as autoridades competentes dos países de destino as condições e requisitos fitossanitários ou sanitários que têm que ser cumpridas, quer pelos operadores económicos, quer pela autoridade competente nacional, na certificação dos produtos a serem exportados.

As empresas interessadas deverão contactar as Direções de Serviços de Alimentação e Veterinária da sua Região (DSAVR), ou os serviços competentes das Regiões Autónomas (RA), por forma a conhecerem os requisitos específicos necessários para darem início à exportação.

Comente este artigo
Anterior Primera petición para ampliar el plazo de solicitudes de la PAC hasta el 15 de mayo por los problemas informáticos
Próximo Prémio Floresta e Sustentabilidade - Entrega de prémios - 8 de Maio - Lisboa

Artigos relacionados

Últimas

UE reforça segurança fitossanitária nas fronteiras. Novas regras a 14 de Dezembro

[Fonte: Agricultura e Mar]

A partir de 14 de Dezembro de 2019 entram em vigor as novas regras aplicáveis aos Passaportes Fitossanitários que devem acompanhar os produtos vegetais e outros objectos na sua circulação no território da União Europeia (UE). […]

Sugeridas

Rede primária de combate a incêndios estará concluída em três anos

O Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, afirmou que vão ser investidos mais 18 milhões de euros para a conclusão da rede primária de combate a incêndios. […]

Comunicados

Exportação de carne fresca de aves para o Chile

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) congratula-se com a notícia de que Portugal está habilitado a exportar carne fresca de aves para o Chile. […]