Opinião

Opinião

Reforma da PAC – Pós 2020 – João Dinis

Uma nova-velha «estória» afinal cheia de velhas «estórias»…
Desde que nos recordamos – a partir de 1991/92 – já ocorreram para aí umas sete ou oito Reformas da PAC…  Pois, no início do debate institucional, e ultimamente também debate «público»,  sempre a Comissão Europeia (CE)  veio com uma «conversa» prévia, […]

Opinião

A utilização de plantas hortícolas com(o) plantas ornamentais – Rosário Sommer

O definição de horticultura como “arte de cultivar hortas ou jardins”1 inclui a palavra “arte”, arte essa que dirá respeito à habilidade de cultivar plantas hortícolas e ornamentais, aromáticas, medicinais e outras herbáceas para aperfeiçoar o ambiente em que vivemos, diversificando simultaneamente a nossa dieta.
A horticultura urbana tem vindo a conquistar um crescente interesse, […]

Últimas

É bom misturar água e eletricidade!? – José Pedro Salema

A energia necessária para a elevação e distribuição da água é o principal custo do grande empreendimento do Alqueva mas na associação das dezenas de planos de água à produção fotovoltaica pode estar a chave para a sustentabilidade do maior projeto hidroagrícola do país.
Os aproveitamentos hidráulicos têm na maioria dos casos habitualmente a sua origem de água em grandes barragens a cotas mais altas que as áreas que beneficiam, […]

Opinião

Ébola das Oliveiras – Rafael Martins Morais

“Ébola das Oliveiras” chega a Espanha, e deixa agricultores e as autoridades alarmadas. Esta bactéria propaga-se rapidamente e destrói culturas inteiras. As notícias que nos chegam do país vizinho, estão a deixar os produtores de azeite em “estado de alerta”, pois essa mesma bactéria é de rápida propagação, […]

Opinião

A paisagem florestal portuguesa é pobre – Gonçalo Castel’Branco

A paisagem florestal portuguesa é pobre. De uma perspetiva macro, se retirarmos as áreas de montado de sobro, as áreas de pinhal do litoral (nomeadamente algumas matas nacionais) e as grandes florestas comerciais de eucalipto, ficamos com tudo o resto. Esse tudo o resto, que é a maior parte do território florestal de Portugal, […]

Opinião

Trazer a economia circular para o sector agroalimentar – Daniel Murta

Por mais eficiente que seja a produção de géneros alimentícios existem sempre perdas ao longo da sua cadeia de produção e distribuição, e assim quantidades significativas de produtos são perdidas na forma de resíduos e subprodutos. Na verdade, cerca de 30% da produção alimentar a nível mundial é desperdiçada e enviada para aterro ou para compostagem, […]

Opinião

Também no (Sector do) Leite se constroem muros… – João Freire

Foi publicado em Diário da República, no passado dia 9 de Junho, o Decreto-Lei n.º 62/2017, que “estabelece o regime aplicável à composição, rotulagem e comercialização do leite, dos produtos derivados do leite e aos produtos extraídos do leite”. Entre outras obrigações, estabelece a da indicação (nas embalagens) da origem do leite utilizado como ingrediente nos produtos lácteos, […]

Opinião

Quem anda a tentar tramar a agricultura biológica? – Alfredo Cunhal Sendim

A agricultura biológica é uma prática ancestral resultante de uma Ética baseada numa atitude de responsabilidade, vivida através do respeito e da cooperação com o nosso planeta e connosco próprios. Ao longo de mais de dez mil anos, foi este o princípio que norteou a lenta tecnologia que se ia desenvolvendo para por cobro à miséria, […]

Opinião

O crescimento económico do sector agroalimentar nacional: duas questões relevantes – Francisco Avillez

1.Introdução
Os meus mais recentes artigos e intervenções públicas levantaram algumas questões das quais gostaria de sublinhar as duas que considero serem as mais relevantes e que, apesar de distintas, se encontram interrelacionadas.
Como é possível que o sector agroalimentar nacional tenha tido, nesta última década, […]

Opinião

Tomate de Indústria biológico – uma oportunidade? – Catarina Martins

Em Portugal, o tomate para indústria representa, na campanha de 2017, mais de 19.000 ha de área de produção para um fornecimento contratualizado com a indústria de cerca de um milhão e setecentas mil toneladas. Esta cultura encontra em Portugal condições propícias que se manifestam num elevado potencial produtivo e qualitativo (brix e cor). […]