Dossiers - Fitofarmacêuticos

Utilização Sustentável

Utilização Sustentável Projeto cultivar segurança

Este projeto promove a utilização segura e sustentável dos produtos fitofarmacêuticos.

Utilização Sustentável SMARTFARM

A SMART FARM é a primeira quinta inteligente em território Nacional. Localizada na Companhia das Lezírias é um exemplo da produção agrícola sustentável.

Utilização Sustentável Valor Fito

O VALORFITO® é responsável pela gestão de Resíduos de Embalagens de Produtos Fitofarmacêuticos.

Regras e Legislação

Noticias Fitofarmacêuticos DGAV cria nova tabela para extensões de autorização de usos menores de fitofarmacêuticos

A DGAV – Direcção Geral de Alimentação e Veterinária construiu uma nova tabela em Excel para as extensões de autorização para as utilizações menores.

Regras e Legislação Avaliação comunitária de substâncias ativas

Regulamento (CE) Nº 1107/2009 do Parlamento Europeu e do Conselho de 21 de Outubro de 2009 relativo à colocação dos produtos fitofarmacêuticos no mercado.

Regras e Legislação Comercialização e aplicação de produtos fitofarmacêuticos

A Lei n.º 26/2013, de 11 de abril – Regula as atividades de distribuição, venda e aplicação de produtos fitofarmacêuticos para uso profissional e de adjuvantes de produtos fitofarmacêuticos.

Regras e Legislação PANUSPF – O Plano de Ação Nacional para o Uso Sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos

O Plano de Ação Nacional para o Uso Sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos, foi aprovado pela Portaria n.º 304/2013 de 16 outubro.

Regras e Legislação Implementação dos princípios de Proteção Integrada

De acordo com a legislação em vigor, desde 01 de janeiro de 2014 que é obrigatória a aplicação dos princípios gerais da proteção integrada por todos os utilizadores profissionais.

Regras e Legislação Inspeção periódica obrigatória de equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos

Conforme o Decreto-Lei n.º 86/2010, de 15 de julho os equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos autorizados para uso profissional estão sujeitos a inspeções técnicas periódicas.



Informações e Notícias Fitofarmacêuticos

El informe sobre el glifosato estará listo el 15 de marzo

[Fonte: Agropopular]

La Agencia Europea de Productos Químicos (ECHA) tiene previsto publicar el 15 de marzo sus recomendaciones a la Comisión Europea sobre la prórroga de la autorización de comercialización del glifosato en el mercado comunitario.

El informe de esta Agencia, […]

Syngenta, Bayer y BASF no quieren restricciones sobre los neonicotinoides

[Fonte: Agropopular]

Las empresas que fabrican los insecticidas neonicotinoides cuyo uso está restringido en la Unión Europea -con el fin de proteger a las abejas– quieren lograr que se anulen esas restricciones.

Se trata de Syngenta, Bayer y BASF, […]

ANIPLA e ANPROMIS debatem produção fitossanitária e produtividade no sector agrícola

 
A ANIPLA e a ANPROMIS promoveram, no passado dia 8 de Fevereiro, um painel sobre produtividade e a importância da protecção fitossanitária para o sector, no âmbito do XI Congresso Nacional do Milho.

O debate foi moderado por José Diogo Albuquerque, administrador do Agroportal, […]

El Parlamento Europeo pide acelerar la aprobación de pesticidas de bajo riesgo frente a los fitosanitarios tradicionales

[Fonte: Agro Informacion]
 El Parlamento Europeo (PE) ha pedido a los Estados miembros que aceleren los procesos de aprobación del uso de pesticidas de bajo riesgo frente a fitosanitarios tradicionales e instó a la Comisión Europea (CE) a presentar una propuesta legislativa en ese sentido. […]

Avaliação do Impacto Económico Causado pela Retirada de Substâncias Activas de Culturas Chave em Portugal

A perspetiva de redução da disponibilidade de soluções tecnologicamente determinantes como são exemplo os produtos fitofarmacêuticos, objeto deste trabalho, representa uma séria ameaça à competitividade da agricultura portuguesa.

CAP e CONFAGRI parceiras da ANIPLA no projeto TOPPS

O TOPPS – Formação de Operadores para Promover as Melhores Práticas de Gestão e Sustentabilidade, pretende reduzir a contaminação da água pelos produtos fitofarmacêuticos provenientes tanto das fontes difusas, como das fontes pontuais.