Cotações – Flores e Folhagens – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Alstroeméria – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se modificaram. A oferta esteve equilibrada com a procura média e o escoamento efectuou-se sem dificuldades. Boa qualidade comercial.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta continuou escassa e a procura normal. Cotações estáveis.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península Setúbal, a oferta continuou alta e a procura normal para a época. Cotações estáveis.

Arália – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi alta e a procura média. Escoamento normal. Cotações estáveis.

Cravo/Cravina

Cravo/Cravina – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. Oferta equilibrada com a procura média. O escoamento efetuou-se sem dificuldades. Concorrência de produto espanhol.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta de cravo e cravina foi muito fraca e a procura normal. Descida da cotação mínima do cravo e cravina.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península Setúbal, a oferta manteve-se abundante e a procura ligeiramente baixa. Escoamento normal. Cotações sem alterações.

Crisântemo – Na Região Centro, na área de mercado, Beira Litoral, a oferta de “Crisântemo Spray/margarida” foi fraca e a procura média. Descida da cotação mínima e máxima. A flor de cor vermelha e branca estão mais valorizadas.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta equilibrou a procura ligeiramente baixa. Cotações sem alterações.

Espargo

Espargo – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações mantiveram-se estáveis. Oferta média assim como a procura. Bom escoamento.

Estrelícia – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta continuou baixa e a procura alta. Cotações estáveis.

Eucaliptus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta equilibrou a procura média. Cotações estáveis.

Feto

Feto – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, as cotações não se alteraram. Oferta média e procura inferior.

Gerbera – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Boa qualidade comercial e escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi fraca e a procura alta. As cotações não se alteraram.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi suficiente para a procura média. Escoamento normal para a época. Cotações sem alterações.

Gipsofila – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média/alta e a procura média. Cotações sem alterações.

Girassol

Girassol – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, as cotações não se alteraram. A oferta foi baixa e a procura média.

Gladíolo – Na Região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura média. Produto de boa qualidade e escoamento sem dificuldades.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi escassa e a procura regular. Descida das cotações. Culturas feitas para os dias festivos. Gladíolo de cor branca e vermelha com maior valorização.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi média e a procura alta. As cotações não se alteraram.

Lilium – Na região Norte, na área de mercado de produção Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. A oferta foi suficiente para a procura. Escoamento regular.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média e a procura esteve animada animada devido às festas. Descida da cotação mínima do Lilium “Grande” e das cotações do Lilium “Médio”.

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi superior à procura média. Cotações sem alterações.

Lisyanthus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta foi inferior à procura média. Cotações estáveis.

Rosa

Rosa – Na Região Norte, na área de mercado Entre Douro e Minho, as cotações não se alteraram. Oferta média, procura média e escoamento regular. Concorrência de produto importado do Equador e Holanda.

Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta foi média e a procura animada devido ao “reveillon”, principalmente a flor branca e vermelha. Cotações estáveis. Flor importada no mercado (principalmente Equador e Holanda).

Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, as cotações não se alteraram. A oferta foi média e a procura alta. Flor importada no mercado (principalmente Equador e Holanda).

Ruscus

Ruscus – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, a oferta satisfez a procura média. Cotações estáveis.

Statice – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Península de Setúbal, as cotações não se modificaram. A oferta foi baixa e a procura ligeiramente fraca. Escoamento normal para a época.

Tulipa – Na Região Norte, na área de mercado, Entre Douro e Minho, a oferta foi média e foi suficiente para a procura. Escoamento sem dificuldades. Concorrência de produto importado da Holanda.

Mercados abastecedores

Mercoflores

O Mercoflores manteve-se bem abastecido das diversas flores de corte e folhagens, com uma oferta suficiente. A procura esteve média, destacando-se o cravo/cravina, gerbera, gladíolo, margaridas, tulipas e rosas, além das diversas folhagens. Cotações estabilizadas.

Manteve-se a presença de produto importado, nomeadamente de cravo, crisântemo, fetos e gipsofila de Espanha, rosa do Equador, crisântemo, orquídea, rosa e tulipa da Holanda. Cotações estabilizadas.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Flores e Folhagens – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações

Anterior Sogrape compra quinta em Bucelas
Próximo AGROPOPULAR 3.5: Al lío

Artigos relacionados

Emprego

Oferta de Emprego – Agrónomo – Évora / Estremoz

Na Herdade das Atafonas estão em fase de implantação, 414 hectares de nogueiras.
Função:
No âmbito do nosso projeto de desenvolvimento e expansão, estamos a admitir Agrónomo (M/F) para a função de controlo de:
– Regas
– Armadilhas (pragas)
– Cadernos de campo; Global GAP
– […]

Cotações ES

Vuelven las repeticiones a los precios del porcino de capa blanca

[Fonte: Agropopular – Cotações]

Los precios del porcino repiten, ante un equilibrio entre oferta y demanda, pero con un importante incremento en el peso.
Después de los festivos navideños el mercado del porcino esta pesado y aunque de momento se impone la repetición en los precios, […]

Notícias Apoios

PDR 2020 abre novo aviso para investimentos na fruticultura no primeiro semestre de 2019 – Suplemento AgroVida de Dezembro da Vida Económica

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (MAFDR) desmente atrasos na análise das candidaturas ao Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020), nomeadamente para investimentos na área da fruticultura. Apesar dos relatos de que há agricultores com investimentos no setor atrasados ou até cancelados, fonte oficial do gabinete do ministro Capoulas Santos garante que essa informação é “totalmente falsa”. […]