Governo avança com linha de crédito para apoiar organizações de produtores e cooperativas

Governo avança com linha de crédito para apoiar organizações de produtores e cooperativas

O Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, anunciou hoje a criação de uma linha de crédito para apoiar as organizações de produtores e cooperativas dos setores do vinho e da fruta. O anúncio foi feito durante a abertura da Feira da Maçã, em Armamar.

No valor de três milhões de euros, a linha de crédito destina-se a apoiar estas entidades por perdas de rendimento decorrentes da quebra do nível de comercialização devida à redução das colheitas dos associados. Em causa estão perdas originadas pela vaga de calor que atingiu o país no início do mês de agosto. Esta vaga de calor provocou nalgumas culturas, como foi o caso da maçã, o chamado “escaldão”, resultante das intensas temperaturas que se fizeram sentir. Outra cultura onde os efeitos do “escaldão” provocaram perdas de produção foi a da vinha.

Luís Medeiros Vieira considera “que esta medida complementa os apoios que já são dados a estas duas fileiras através do Sistema de Seguros de Colheitas e dos Fundos Operacionais, financiando a contratação do risco do “escaldão”, assegurando agora recursos financeiros que permitirão às organizações de produtores e cooperativas fazer face a possíveis reduções de atividade económica”.

No caso dos produtores, o risco do “escaldão” é coberto pelos seguros, através do Sistema de Seguros de Colheitas. O sistema é apoiado pelo Ministério da Agricultura num montante anual global de 11,5 milhões de euros.

Para as Organizações de Produtores e Cooperativas, o Governo disponibiliza agora esta linha de crédito garantida a  três anos, com um período de carência de um ano, cujas regras de acesso serão definidas em portaria a publicar brevemente.

Lisboa, 19 de outubro de 2018

Comente este artigo
Anterior 8.º Investigar ICAAM - A Ciência por detrás dos Mapas - 14 de Novembro de 2018 - Évora
Próximo Dia Mundial do Inseto Comestível - 27 de outubro de 2018

Artigos relacionados

Comunicados

Protesto no Ministério da Agricultura

Exmos Srs,

A nossa quinta de amoras, em Idanha-a-Nova, onde investimos quase meio milhão de euros, co-financiada pela UE através do programa de jovens agricultores, […]

Últimas

Presidente da Quercus visita exploração de Olival no Alentejo

OLIVUM mostra práticas sustentáveis do olival moderno […]

Comunicados

Syngenta ganha Prémio Inovação com fungicida Ampexio® WG Pepite

A Syngenta arrecadou o primeiro lugar nos Agrow Awards, na categoria de Prémio Inovação para a Melhor Formulação, atribuído ao Ampexio® […]