Cotações – Frutos Secos e Secados – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Alfarroba – Na região do Algarve, a oferta de alfarroba “inteira” foi baixa e a procura média. Bom escoamento. Cotações estáveis. Oferta baixa e procura média pela alfarroba “grainha”. Cotações estáveis. Escoamento regular. A procura de alfarroba “triturado grosso” foi superior à oferta baixa. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Amêndoa – Na Região Norte, na área de mercado Douro, o volume de transacções foi ligeiramente inferior ao da semana passada. Cotações estáveis. A amêndoa importada de Espanha, Estados Unidos e Turquia, exerce grande influência no funcionamento do mercado.

No Algarve, a oferta e a procura continuaram baixas. Escoamento fraco. Cotações estáveis. Concorrência de miolo americano que se encontra mais barato.

Noz – Na Região Norte, nas áreas de mercado Bragança e Mirandela, o volume de transacções foi inferior em cerca de 20% e 30%, respectivamente, porque a campanha encontra-se na fase descendente. Escoamento sem dificuldades. Cotações estáveis. Produto em geral de baixo calibre mas de boa qualidade.

No Alentejo, na área de mercado, Estremoz, a oferta equilibrou a procura média. Cotações estáveis.

Pinha – No Alentejo, na área de mercado Alentejo Litoral, a oferta continuou inferior à procura média. Cotações estáveis.

Pinhão – No Alentejo, na área de mercado Alentejo Litoral, as cotações do pinhão mantiveram-se estáveis. Oferta baixa e procura ligeiramente alta.

Mercados abastecedores

No Mercado Abastecedor do Porto, observou-se uma oferta considerável de frutos secos e secados, tanto de origem nacional como do exterior. Boa procura pelos seguintes frutos secos: amêndoa, avelã, figos, pinhão e nozes (miolo e c/casca).

Pode consultar todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações .

Anterior La Eurocámara a contrarreloj: La PAC y el Bréxit, en la cuerda floja por falta de tiempo y acuerdo
Próximo Portugal não vai conseguir acordo melhor para fundos europeus, avisa Carlos Moedas

Artigos relacionados

Notícias apoios públicos incêndios

Acções de estabilização de emergência pós incêndio

O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), os Municípios de Lousã, Tondela, Covilhã, Pampilhosa da Serra, Trancoso, Vila Real e Gouveia, […]

Notícias inovação

Can controlled burns crack down on herbicide-resistant weeds?

[Fonte: GLP] Weeds are thieves. They steal nutrients, sunlight and water from our food crops. In the case of sugarcane, […]

Últimas

Montado domina floresta portuguesa

O montado – sobreiro e azinheira – domina a floresta nacional, com um total de 1.063.000 hectares. Os dados foram divulgados pelo ministério da Agricultura esta sexta-feira (28 de junho), […]