Cotações – Frutos Secos e Secados – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Alfarroba – Na região do Algarve, a oferta de alfarroba “inteira” foi baixa e a procura média. Bom escoamento. Cotações estáveis. Oferta baixa e procura média pela alfarroba “grainha”. Cotações estáveis. Escoamento regular. A procura de alfarroba “triturado grosso” foi superior à oferta baixa. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Amêndoa – Na Região Norte, na área de mercado Douro, o volume de transacções foi ligeiramente inferior ao da semana passada. Cotações estáveis. A amêndoa importada de Espanha, Estados Unidos e Turquia, exerce grande influência no funcionamento do mercado.

No Algarve, a oferta e a procura continuaram baixas. Escoamento fraco. Cotações estáveis. Concorrência de miolo americano que se encontra mais barato.

Noz – Na Região Norte, nas áreas de mercado Bragança e Mirandela, o volume de transacções foi inferior em cerca de 20% e 30%, respectivamente, porque a campanha encontra-se na fase descendente. Escoamento sem dificuldades. Cotações estáveis. Produto em geral de baixo calibre mas de boa qualidade.

No Alentejo, na área de mercado, Estremoz, a oferta equilibrou a procura média. Cotações estáveis.

Pinha – No Alentejo, na área de mercado Alentejo Litoral, a oferta continuou inferior à procura média. Cotações estáveis.

Pinhão – No Alentejo, na área de mercado Alentejo Litoral, as cotações do pinhão mantiveram-se estáveis. Oferta baixa e procura ligeiramente alta.

Mercados abastecedores

No Mercado Abastecedor do Porto, observou-se uma oferta considerável de frutos secos e secados, tanto de origem nacional como do exterior. Boa procura pelos seguintes frutos secos: amêndoa, avelã, figos, pinhão e nozes (miolo e c/casca).

Pode consultar todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Frutos Secos e Secados – Informação Semanal – 24 a 30 Dezembro 2018 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Anterior La Eurocámara a contrarreloj: La PAC y el Bréxit, en la cuerda floja por falta de tiempo y acuerdo
Próximo Portugal não vai conseguir acordo melhor para fundos europeus, avisa Carlos Moedas

Artigos relacionados

Internacional

Coto a las ayudas PAC: Más de la mitad no tienen al menos el 25% de ingresos agrarios sobre sus totales

[Fonte: Agroinformacion – PAC]
La Unión de Campesinos de Castilla y León ve en esta nueva PAC, una gran oportunidad para conseguir un reparto más justo de las ayudas, y ha pedido al Ministerio de Agricultura firmeza a la hora de definir en su Plan Estratégico la figura de agricultor genuino, […]

Cotações PT

Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 14 a 20 Janeiro 2019

[Fonte: Agricultura e Mar – Cotações]
Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
Azeitona para azeite
Na campanha 2018-2019, registou-se atraso na maturação da azeitona, em relação a um ano normal, e, consequentemente, atraso na colheita. O volume de produção deverá […]

Últimas

Deputados querem conceito de “pagamento justo” à produção de leite através do PT 2030

[Fonte: Açoriano Oriental]
Os deputados do Grupo de Trabalho do Setor Leiteiro defendem que, no contexto do Portugal 2030, é necessário desenvolver um conceito de “pagamento justo” à produção, indexando-o aos sistemas de financiamento à indústria e à distribuição.

Esta é uma das oito medidas inseridas na proposta de intervenção presente no relatório do Grupo de Trabalho do Setor Leiteiro, […]