Novo ciclo de exposições sob a terra e as águas – 18 Maio de 2017 – Beja

Novo ciclo de exposições sob a terra e as águas – 18 Maio de 2017 – Beja

Alqueva : Porque há sempre novas histórias para contar…

Na sequência da exposição “Sob a Terra e as Águas – 20 anos de Arqueologia entre o Guadiana e o Sado”, patente ao público no Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, em Beja, a EDIA, em colaboração com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Câmara Municipal de Beja, vai abrir um novo ciclo de exposições sob o mote “Porque há sempre novas histórias para contar…”.

Será apresentada uma série de pequenas mostras temporárias que pretendem dar a conhecer novos materiais, contar outras histórias e mostrar o contributo – tanto do ponto de vista científico como patrimonial – que o trabalho associado ao projeto de Alqueva proporcionou.

A primeira exposição, com inauguração marcada para o próximo dia 18 de maio, pelas 18:00 horas, no mesmo espaço museológico, terá como título “Guardou-os a Terra…” e pretende fazer uma viagem pela evolução humana desde a aurora da humanidade até aos homens anatomicamente modernos.

Através destes novos achados de materiais líticos talhados, atribuíveis ao homem do Paleolítico Inferior, realizados no âmbito das obras do Bloco de Rega Baleizão-Quintos do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, procedeu-se nos últimos anos a uma reapreciação dos mais antigos vestígios da presença do homem na região de Beja, revendo anteriores achados e procurando determinar o contexto e significado de tais vestígios à luz do que hoje se conhece sobre esse longínquo passado do homem.

Associada a esta exposição, e após a sua inauguração, realiza-se no local a primeira conferência com o tema “O Paleolítico Inferior na Ribeira da Cardeira (Beja)”, tendo como oradores João Pedro Cunha Ribeiro, do Centro de Arqueologia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Andreia Pinto Mestre em Arqueologia pela Universidade de Rovira y Virgili (Tarragona) e Tiago do Pereiro da ERA Arqueologia.

Comente este artigo
Anterior Gestion des risques Lancement d'une assurance indicielle pour les producteurs de pommes de terre
Próximo AEA promoveu o workshop “Qualidade e Normalização no Agroalimentar”

Artigos relacionados

Eventos

APH debate intensificação e sustentabilidade nas Cadeias de Valor Hortícolas

A Associação Portuguesa de Horticultura (APH) e a Sociedade Espanhola de Ciências Hortícolas (SECH) realizam o VIII Congresso Ibérico de Ciências Hortícolas, no recém-inaugurado Centro de Congressos de Coimbra, localizado no Convento de São Francisco, de 6 a 9 de Junho de 2017.
Este congresso reúne a cada 4 anos a comunidade científica e técnica luso-espanhola que trabalha em fruta, […]

Eventos

Globalgap e assistência técnica – 8 de Abril 2017 – Gondomar

Espaço visual desenvolve sessão pública sobre
“Globalgap e assistência técnica”
A Espaço Visual vai promover uma sessão pública sobre o Referencial GlobalG.A.P. e assistência técnica no próximo dia 8 de abril, pelas 9h00, nas suas instalações em Gondomar.
O GlobalG.A.P. é o referencial de certificação voluntário mais procurado atualmente por produtores que têm em vista a exportação dos seus produtos, […]

Eventos

Visita Técnica e Seminário – Culturas da amêndoa e noz – 27 a 29 de Junho 2018 – Alentejo e Estremadura Espanhola

O Centro Nacional de Competência dos Frutos Secos, em parceria com a empresa Migdalo, e com o patrocínio da Lusosem, está a promover uma Visita Técnica de três dias (27, 28 e 29 de junho) ao Alentejo e Estremadura Espanhola, com foco nas culturas da amêndoa e da noz. […]