Finalistas à 2ª edição do Navigator Art on Paper Prize já são conhecidos

Finalistas à 2ª edição do Navigator Art on Paper Prize já são conhecidos

[Fonte: Navigator Art on Paper Prize]

Maior prémio de arte em papel do mundo

Já são conhecidos os cinco artistas finalistas à 2ª edição do Navigator Art on Paper Prize, o maior galardão de Arte em papel no mundo cujo artista vencedor será tornado público no próximo dia 11 de maio.

Os cinco artistas que integram a lista de finalistas – Abu Bakarr Mansaray (Serra Leoa), Andrea Bowers (EUA), Catherine Anyango Grünewald (Suécia / Quénia), Maria Berrio (Colômbia) e Mateo López (Colômbia) – aguardam agora pela decisão final do júri para que, apenas um e face ao seu percurso artístico e consistência da obra, seja o vencedor da 2ª edição do Navigator Art on Paper Prize.

Este ano, o elenco do júri é composto por nomes com notoriedade internacional, dando expressão ao carácter transfronteiriço do prémio. Claire Gilman, Curadora Chefe do Drawing Center, em Nova Iorque; Jacob Fabricius, Diretor do Kunsthal Aarhus, em Copenhaga; María Inés Rodríguez, curadora-adjunta de arte moderna e contemporânea do Museu de Arte de São Paulo (MASP); Nimfa Bisbe Molin, Diretora da Coleção de Arte da Fundación La Caixa e Joana P. R. Neves, Diretora Artística do Drawing Now (Feira de Desenho em Paris) são os responsáveis pela escolha dos finalistas e também daquele que será o vencedor Navigator Art on Paper Prize, em 2019.

Com curadoria da responsabilidade de Filipa Oliveira, o Prémio Navigator Art on Paper tem como missão apoiar a criação artística em papel, valorizando-o como um dos suportes de inovação, criatividade, investigação e arte. O artista plástico Pedro A. H. Paixão foi o vencedor da 1ª Edição do Prémio Navigator Art on Paper. Até dia 14 de maio será apurado o vencedor da 2ª Edição.

Uma selecção de obras de cada um dos cinco finalistas da segunda edição do Navigator Art on Paper Prize, algumas criadas especialmente para o prémio, estará em exposição na Sociedade Nacional de Belas Artes em Lisboa de 16 de maio a 1 de junho, com entrada gratuita numa oportunidade única de conhecer as obras. A exposição irá coincidir com a Arco Lisboa, e terá um programa intenso de visitas e conversas complementares.

Comente este artigo
Anterior Produtos inovadores vencem concurso FoodValorization
Próximo Qual a alimentação do futuro? Legislação que aprova insetos para consumo animal e humano pode chegar este ano

Artigos relacionados

Comunicados

Dupla de monovarietais com a assinatura da Real Companhia Velha

Depois de novas colheitas no que toca ao rosé e a cinco brancos e de uma novidade absoluta – Quinta de Cidrô Marquis branco 2014 –, é a vez da Real Companhia Velha começar a lançar os tintos da Quinta de Cidrô. De anos seguidos; os dois de uma só casta; […]

Comunicados

Economic and environmental ambition must drive the future CAP

[Fonte: Farm Europe]
Today, Farm Europe presented the final report of the 2016 edition of the Global Food Forum to the EU institutions, in the context of the public consultation on the future of the Common Agricultural Policy (CAP) launched by the European Commission last week. […]

Comunicados

Crédito Agrícola com resultado positivo de 64,2 milhões de euros em junho de 2018

Resultados não auditados de Junho de 2018
Lisboa, 28 de Agosto de 2018
PRINCIPAIS DESTAQUES

No primeiro semestre de 2018, o Grupo Crédito Agrícola apresentou um resultado líquido consolidado de 64,2 milhões de euros, para o qual o negócio bancário contribuiu com 58,4 milhões de euros (+34% face ao período homólogo). […]