Atelier de Inovação de Produção Animal – 18 Julho 2017

Atelier de Inovação de Produção Animal – 18 Julho 2017

Os ateliers de inovação chegam ao fim, amanhã, dia 18 de Julho com o tema da produção animal. O último atelier de inovação decorrerá na ESAS – Escola Superior Agrária de Santarém.

Como é habitual o atelier de inovação decorre através de um workshop de um dia, destinado às equipas de projetos de inovação inscritas. São abordadas e trabalhadas temáticas como: (i) performance de equipa (ii) desenho da proposta de valor e (iii) comunicação e disseminação.

No atelier de produção animal estarão provisoriamente 8 projetos em curso. Convidamos-vos a consultar os seguintes projetos que se candidataram e que já estão disponíveis na página inovação do Agroportal:

→CFD4CHEESE←

→Cistusrumen←

→Go bovmais←

→Imunocastração em porco alentejano←

 →Pastogether←

 →Portuguese beef←

→Serpaflora←

→Valrumeat←

 

Como aconteceu nos três ateliers de inovação anteriores de Hortifruticultura (consulte aqui) , Floresta (consulte aqui), Cereais (consulte aqui) também no atelier de produção animal serão seleccionados três projetos de inovação. O chamado Top 3 é realizado pela votação dos participantes, com base na ronda de apresentações dos projetos de inovação, em formato de picth.

O anúncio do Top3 será feito no fim do dia no Agroportal, nas várias plataformas, no site, nas redes sociais e ainda na app. Junte-se a nós e fique a par dos 3 últimos projectos que serão seleccionados para a categoria inovação.

Sobre os ateliers de inovação

Os ateliers de inovação são 4 workshops gratuitos para apoiar projetos de inovação a colocar no mercado produtos e serviços competitivos.  Os workshops focam-se em 4 fileiras estratégicas a destacar:

  • Cereais
  • Floresta
  • Hortofruticultura
  • Produção Animal

INOVISA e o Crédito Agrícola são as entidades organizadoras e contam com o apoio da Rede Rural Nacional.

Quem pode concorrer?

Equipas de projetos de inovação (a iniciar, em curso ou terminados) dinamizados por mais do que uma entidade:

-Grupos Operacionais (PDR2020)

-Projetos Cooperação para a Inovação (PRODER)

-Projetos I&DT Aplicada (QREN)

-Outros projetos não necessariamente cofinanciados

Cada equipa inscrita deve contar com a participação de pelo menos duas pessoas representantes do projeto: agricultores, agroindustriais, investigadores, representantes de estruturas associativas, direções regionais, entre outros.

Ateliers de Inovação & Prémio Empreendedorismo e Inovação CA 2017

Os Ateliers de Inovação apoiam projetos de inovação de fileiras estratégicas nacionais e mais uma vez associam -se à 4ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação do Crédito Agrícola.

Os 12 melhores projetos – 3 por Atelier – serão automaticamente considerados na categoria Inovação em Colaboração. Esta categoria é exclusiva para projetos participantes dos Ateliers, que irão depois à final do concurso do Prémio Empreendedorismo e Inovação do Crédito Agrícola.

Além da categoria “Inovação em Colaboração”, existem mais quatro categorias  destinadas a entidades: Cereais, Floresta, Hortofruticultura, Produção Animal.

Será ainda atribuído um prémio de reconhecimento especial a uma entidade (empresário individual, Sociedade, Associação, Fundação, Organização não-governamental, Entidade do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, organismo da Administração pública) ou ao projecto submetido por Associado(s) do Crédito Agrícola que se destaque dos demais.

Como é feita a selecção para os 6 prémios finais:

A análise dos projectos terá como base três critérios: grau de inovação, potencial de mercado e a sustentabilidade.

Cada categoria conta com um prémio no valor de 5 mil euros.

As candidaturas ao “Prémio Empreendedorismo e Inovação” terminam a 24 de Julho. Toda a informação sobre o Prémio está disponível em www.premioinovacao.pt

Comente este artigo
Anterior Produção animal - CFD4CHEESE
Próximo Incêndios florestais,mudar a sério as políticas públicas para a floresta!

Artigos relacionados

Nacional

Cinco concelhos portugueses unem-se para criar nova marca de biológicos

Os concelhos de Mação, Proença-a-Nova, Oleiros, Sertã e Vila de Rei juntaram-se para criar uma nova marca de produtos biológicos que unirá os esforços de cerca de 200 agricultores. […]

Últimas

Tejo: como matar um rio

Uma viagem entre Portugal e Espanha para contar como as alterações climáticas e a gestão da água ameaçam a sobrevivência do maior rio da Península Ibérica. […]

Últimas

Incêndio de Monchique terá tido origem numa linha elétrica

O Observatório Técnico Independente (OTI) criado pelo Parlamento para acompanhar os incêndios florestais aponta como possível causa do fogo de Monchique, […]