eSpai Café abre wine bar em parceria com a Sogrape

O restaurante eSpai Café, localizado em Lisboa, conta agora com espaço totalmente dedicado à degustação de vinhos fruto de uma parceria com a Sogrape.

Numa nota enviada às redações, os responsáveis pelo espaço explicam que nesta zona será possível “provar os diversos vinhos ali presentes”, assim como “acompanhar e harmonizar com tapas feitas na hora.”

A gama de vinhos disponível inclui vários vinhos do portfólio Sogrape, como o Herdade do Peso Reserva Tinto, Herdade do Peso Colheita Branco, Herdade do Peso Colheita Tinto, Trinca Bolotas Tinto, Sossego Branco e Tinto e Vinha Monte Branco e Tinto.

O post eSpai Café abre wine bar em parceria com a Sogrape aparece primeiro no Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Centro de Frutologia Compal leva o campo para a cidade
Próximo Comissário Europeu da Agricultura considera que “profissionalismo” e “competitividade” são fundamentais para a suinicultura

About author

Artigos relacionados

Últimas

Relatos dramáticos de quem viveu de perto os incêndios

Os incêndios florestais que deflagram no país provocaram vários mortos, mais de 20 feridos e destruíram inúmeras casas. O fogo tem tendência a alastrar e as temperaturas altas e falhas nas telecomunicações têm dificultado o trabalho dos bombeiros no terreno. Neste artigo mostramos-lhe uma recolha de fotografias e vídeos, […]

Nacional

Opinião: Cercados pelo fogo

 

João Vaz

A cena passou-se no Saltadouro, zona arborizada de Tavarede, durante o último grande incêndio florestal no concelho da Figueira, foi em 2005. As chamas aproximavam se de uma casa cercada de mato e pinheiros. À volta da casa, uma infinidade de materiais combustíveis (plásticos, […]

Últimas

Capoulas Santos: Balança agroalimentar “encurtou 700 milhões de euros”

[Fonte: Jornal Económico]
O Governo estima que balança agroalimentar tenha melhorado 700 milhões de euros no ano passado, de acordo com as estimativas de Luís Capoulas Santos. Em declarações à agência Lusa, o ministro da Agricultura referiu que é “necessário que continuemos a encurtar o desequilíbrio que tem existido”. […]