Linha de crédito para apoio à alimentação animal 2017 – Assinatura protocolo

Linha de crédito para apoio à alimentação animal 2017 – Assinatura protocolo

[Fonte: IFAP]

Realizou-se no dia 20 de novembro, nas instalações do IFAP, na Rua Castilho, a Assinatura do Protocolo da Linha de Crédito para Apoio à Alimentação Animal 2017, que contou com a presença do Conselho Diretivo do IFAP e de diversas Instituições de Crédito.

Esta Linha de Crédito decorre das medidas de apoio à Seca 2017, sendo uma linha de crédito garantida destinada a apoiar necessidades de tesouraria, dirigida aos operadores do setor da bovinicultura, caprinicultura, ovinicultura, suinicultura em regime extensivo, equinicultura, assinicultura e apicultura, com o objetivo de compensar o aumento dos custos de produção resultantes da seca, nomeadamente os custos relativos à alimentação animal, devido à escassez de pastagens e forragens e de algumas espécies vegetais.

O montante global de crédito a conceder é de 5 milhões de euros, sendo o crédito concedido sob a forma de empréstimo reembolsável, pelas Instituições de Crédito que celebraram protocolo com o IFAP, bem como as entidades do Sistema Português de Garantia Mútuo, devendo o Beneficiário recorrer a estas Instituições para apresentar a sua candidatura a esta Linha de Crédito.

Quaisquer pedidos de esclarecimento sobre este assunto deverão ser enviados para o endereço de correio eletrónico ifap@ifap.pt, ou ainda pelos restantes canais de atendimento que tem ao seu dispor: Atendimento Presencial, na Rua Fernando Curado Ribeiro, nº 4-G, em Lisboa, Atendimento Eletrónico ou pelo Atendimento Telefónico, através do 217 513 999.

Comente este artigo
Anterior SAPEC Agro Portugal lança novo insecticida - Embaixador 224 EC
Próximo Projetos dedicados ao combate do desperdício alimentar podem candidatar-se a donativo

Artigos relacionados

Nacional

Aldeia de Penela já está a cortar eucaliptos, reflorestação arranca em outubro


Ferraria de São João, localidade de Penela que foi afetada pelo incêndio de Pedrógão Grande, já começou a cortar eucaliptos na aldeia e, […]

Nacional

Valorização das pastagens é “enorme mais valia” para a agricultura nos Açores

[Fonte: Vida Rural]

A valorização das pastagens constitui uma enorme mais valia para a redução de custos nas explorações açorianas e para a sustentabilidade ambiental e é […]

Últimas

Governo calcula corte de 10% nos fundos de coesão. É “inaceitável”, diz Nelson de Souza

[Fonte: ECO – fundos comunitários]

Ministro do Planeamento considera que a proposta da presidência finlandesa de contribuições para o orçamento da UE está abaixo da necessidade de financiamento da Europa. […]