CHEP lança índice de mercado que prevê tendências do consumo em Portugal

CHEP lança índice de mercado que prevê tendências do consumo em Portugal

A CHEP acaba de lançar o CHEP Retail Index, um índice trimestral único que prevê a actividade e as tendências futuras de consumo do sector do retalho nacional. Este índice pretende solucionar a existência de uma lacuna de mercado na capacidade de tomada de decisões estratégicas que estejam alinhadas com as tendências de consumo num mercado cada vez rápido e dinâmico.

O CHEP Retail Index é um índice trimestral, criado pela CHEP em parceria com a Metiora, uma empresa especialista na análise de Big Data. Os dados são conseguidos através de informações agregadas de mais de 45 milhões de movimentos de paletes, baseados em dados históricos da CHEP de mais de cinco anos, com dados macroeconómicos de Portugal e aplicado a técnicas de Deep Learning (variáveis de correlação com o consumo).

Através deste índice, as empresas do sector de consumo a retalho conseguem fazer uma melhor planificação das vendas com base nestas previsões de tendências de consumo.

Filipa Ferreira Mendes, Country General Manager da CHEP Portugal, afirma que «por acompanharmos de perto o negócio dos nossos clientes e, logo, as suas necessidades, aferimos uma lacuna no mercado quanto à capacidade da tomada de decisões estratégicas alinhadas com as tendências do consumo. Como tal, a CHEP investiu no desenvolvimento desta ferramenta que permite aos seus clientes fazer um correcto planeamento dos seus recursos, face à evolução tão dinâmica do nosso mercado».

O CHEP Retail Index foi apresentado pela primeira vez em 2011, na Austrália. Em Portugal, esta é a quarta edição do índice, que é exclusivo a vários clientes da CHEP no país. A primeira edição foi apresentada em Outubro de 2018, data em que se assinalou o 25º aniversário da CHEP em Portugal.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior PSD/Açores teme centralização de fundos comunitários a nível nacional
Próximo Vai abrir uma Escola de Pastores

Artigos relacionados

Nacional

Aspoc e Arhesp dinamizam acções de formação profissional na restauração e talhos

A ASPOC – Associação Portuguesa de Cunicultura e a AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, no âmbito da  […]

Nacional

Área ardida nos incêndios de Mação e Vila de Rei equivale a quase duas vezes o concelho do Porto

A área ardida em Mação e Vila do Rei é já de 69 quilómetros quadrados, o equivalente a quase duas vezes a área da cidade do Porto, […]

Últimas

“Seria demagogia absoluta dizer que não haverá novos incêndios de grande dimensão”, diz ministro da Administração Interna

É impossível garantir que não haverá novos grandes incêndios, admite o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, depois do grande fogo de Mação e Vila de Rei ter sido dominado. […]