Regras excecionais e temporárias, aplicáveis às organizações de produtores e respetivas associações reconhecidas a nível nacional

Regras excecionais e temporárias, aplicáveis às organizações de produtores e respetivas associações reconhecidas a nível nacional

A Comissão Europeia aprovou um conjunto de exceções, que derroga, para o ano de 2020, o disposto no Regulamento Delegado (UE) 2017/891 da Comissão no que respeita ao setor das frutas e produtos hortícolas.

Estas exceções foram agora transpostas para o normativo nacional, para todos os setores, através da publicação da Portaria n.º 155-A/2020, a fim de mitigar as dificuldades excecionais com que as organizações de produtores se têm deparado em consequência da pandemia de COVID-19.

Consulte também os documentos da segunda reunião da Comissão Técnica de Acompanhamento do Reconhecimento de Organizações de Produtores, que decorreu a 16 de junho.

O artigo foi publicado originalmente em GPP.

Comente este artigo
Anterior Workshop Inovação para a promoção da biodiversidade dos sistemas agrícolas
Próximo João Ponte: Produção de café nos Açores constitui mais valia económica que importa potenciar

Artigos relacionados

Últimas

Abertas candidaturas para a 4.ª edição do “Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola”

O Crédito Agrícola, em parceria com a INOVISA, lançaram, na 50.ª edição da AGRO – Feira Internacional da Agricultura, Pecuária e Alimentação, […]

Sugeridas

Frutalmente triplica produção de romãs

Organização de produtores do Ribatejo aposta na cultura da Romã com a marca Adoora […]

Comunicados

O leite faz bem… à economia – produção gera 712 milhões de euros e garante 50 mil empregos

Agri Milk Show reúne na Exponor sectores do agro-negócio
 
O leite faz bem… à economia
 
– produção gera 712 milhões de euros e garante 50 mil empregos
  […]