Smart Rural Congress discute importância do empreendedorismo e inovação rural

Smart Rural Congress discute importância do empreendedorismo e inovação rural

Realiza-se nos próximos dias 11 e 12 de outubro, no Habitat de Inovação Empresarial nos Sectores Estratégicos de Penela (HIESE), o Smart Rural Congress, uma iniciativa que pretende discutir a importância do empreendedorismo e das tecnologias no desenvolvimento de novas ideias de negócio em territórios rurais.

O Smart Rural Congress, organizado pela Incubadora do Instituto Pedro Nunes (IPN) em parceria com o Município de Penela, é a última etapa do projeto Smart Rural Smart HIESE, que promove e apoia o aparecimento de novos projetos empresariais no HIESE.

No dia 11 de outubro, terá lugar um evento social que inclui a visita aos vestígios romanos do Rabaçal usando uma aplicação turística JiTT.travel desenvolvida pela empresa iClio que servirá para conhecer o património histórico da região guiado pelas novas tecnologias.

Também neste dia, será organizado um evento destinado aos dirigentes autárquicos para lançar uma rede de municípios para a inovação rural em Portugal e que contará com as intervenções iniciais de Helena Freitas, Professora Catedrática da Universidade de Coimbra, e de Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

A sessão de abertura, no dia 12 de outubro, às 09h30, está a cargo de Luís Matias, Presidente do Município de Penela, Teresa Mendes, Presidente do Instituto Pedro Nunes, e Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

Ainda durante a manhã, a iniciativa conta com as participações de Paulo Fernandes, Presidente da Câmara Municipal do Fundão [Fundão entre os finalistas dos prémios RegioStars 2018], António Covas, Professor Catedrático na Universidade do Algarve [Vêm aí as startups da 2ª ruralidade], e Joaquim Macedo de Sousa, Diretor Executivo do HIESE [O projeto Smart Rural Smart HIESE].

À tarde serão dados a conhecer casos de sucesso de Incubadoras de empresas rurais e casos de empreendedorismo em meio rural.

A sessão de encerramento, marcada para as 17 horas, é da responsabilidade do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, e do Presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, João Ataíde.

O Smart Rural Smart HIESE é liderado pela Incubadora do Instituto Pedro Nunes, tendo como entidades parceiras na execução, o Município de Penela, a associação IEBA e a consultora Previum. É um projeto cofinanciado pelo Centro2020 e pelo FEDER.

O programa completo do Smart Rural Congress pode ser consultado aqui.

A entrada é gratuita, mas sujeita a inscrição.

Comente este artigo
Anterior Proprietários e Beneficiários do Alqueva vão ter associação
Próximo Agricultura portuguesa vai ter HUB digital

Artigos relacionados

Últimas

Governo cria grupo de trabalho para valorizar e proteger recursos e povoamentos florestais

O Governo criou um grupo de trabalho para a reprogramação das medidas de valorização dos recursos florestais e de protecção e reabilitação dos povoamentos florestais, segundo um despacho do ministro da Agricultura, publicado nesta segunda-feira em Diário da República.

“O grupo de trabalho deve apresentar um relatório inicial com a proposta de reprogramação, […]

Nacional

Prós e Contras (XV) – O alerta que vem do Alentejo – 30 Outubro 2017- Episódio 31

Seca prolongada. Desertificação do interior. Falta de infraestruturas. A agricultura em risco. O novo paradigma do Turismo e os benefícios do Alqueva. Clique aqui para ver o vídeo.

Últimas

Maioria dos líderes europeus contra cortes na Política de Coesão e Agrícola

[Fonte: ECO]

António Costa revelou esta sexta-feira que a maioria do Conselho Europeu está contra o corte da Política de Coesão e da Política Agrícola Comum (PAC) e manifestou vontade de se chegar a acordo sobre as perspetivas financeiras antes das eleições europeias. […]