Rui Veloso e Matias Damásio completam cartaz da 36ª Ovibeja

Rui Veloso e Matias Damásio completam cartaz da 36ª Ovibeja

[Fonte: Gazeta Rural]

Nos palcos de “Todo o Alentejo deste Mundo” a 36ª Ovibeja “Jura” que tem “Todo o Tempo do Mundo” para viver “O Melhor de Rui Veloso”. É mesmo Rui Veloso, o nome maior da música nacional, que vai fazer vibrar os palcos da 36ª Ovibeja na noite de 27 de abril, um sábado, para que não haja desculpas de não poder cantar ao vivo e a cores as canções que toda a gente conhece.

“Cantor, compositor e guitarrista, começou a tocar harmónica aos seis anos. Mais tarde deixar-se-ia influenciar por B.B. King e Eric Clapton, e lançou, com vinte e três anos, o álbum que o projetou no panorama da música nacional: Ar de Rock. Dele fazia parte a faixa Chico Fininho, um dos maiores sucessos da sua obra e de Carlos Tê, seu letrista. Entre os seus restantes sucessos fazem parte Porto Sentido, Não Há Estrelas No Céu, Sei de Uma Camponesa, A Paixão (Segundo Nicolau da Viola) e Porto Covo”.

Estes e muitos outros sucessos de Rui Veloso têm esgotado as principais salas do nosso país em concertos irrepetíveis. É o que vai acontecer na Ovibeja, numa “sala” aberta à partilha das grandes “Ovinoites”.

Em cinco dias de Ovibeja, quatro são de grandes concertos. A noite de 26 de abril vai ser dedicada ao amor de Matias Damásio. “’Por Amor’ chega a Portugal em setembro de 2016 e é, não temos receio em afirmá-lo, um dos discos mais bonitos de sempre. O cantor e compositor Angolano retrata, ao longo de 12 canções, histórias de amor, força, esperança, otimismo e orgulho no seu país, na sua história. Este disco celebra igualmente 10 anos de uma carreira única daquele que é um dos artistas mais reconhecidos e premiados de Angola. “Por Amor” conta ainda com as colaborações de Prodígio (Força Suprema), Laton (Kalibrados) e, no single “Loucos”, de Héber Marques (dos HMB)”, lê-se na apresentação oficial do cantor.

A decorrer de 24 a 28 de abril, a Ovibeja abre a agenda dos concertos, a 24, com António Zambujo, numa parceria com a Câmara Municipal de Beja, que comparticipa este espetáculo em 50%. Nesta noite, a primeira parte do concerto estará a cargo dos Pringá com ritmos do flamenco, a partir das 22h00, e à meia noite haverá fogo de artifício. Os espetáculos desta noite, integrados nas comemorações do 25 de Abril, têm entrada livre, a partir das 22h00.

Os concertos da Ovibeja prosseguem na noite de 25, com Fernando Daniel, Matias Damásio a 26 e Rui Veloso a fechar, a 27, as inesquecíveis e muito aguardadas “Ovinoites”.

Os ingressos diários, ou livre-trânsito para todo o evento, já podem ser adquiridos online, nos pontos de venda oficiais, ou no site da Ovibeja em https://ovibeja.bol.pt/.

A Ovibeja é organizada pela ACOS – Associação de Agricultores do Sul

Comente este artigo

O artigo Rui Veloso e Matias Damásio completam cartaz da 36ª Ovibeja foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior E se tivesse 50 litros de água por dia?
Próximo Soluções Agro Santander para empresas

Artigos relacionados

Nacional

2.º Meeting de Agricultura Biológica em Loures

[Fonte: Voz do Campo]
A Câmara Municipal de Loures e a AGROBIO, organizam o 2º Meeting Agricultura Biológica em Loures, no âmbito do desenvolvimento rural, com especial enfoque no modo de produção biológico. Este encontro irá realizar-se no próximo dia 20 de maio, […]

Últimas

Madeira com 90% de ocupação hoteleira no fim de semana forte da Festa da Flor

[Fonte: O Jornal Económico]

A taxa de ocupação hoteleira na Madeira nos dias mais procurados da Festa da Flor (4 e 5 de maio) é de 90% revelou hoje a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço.
A governante apresentou hoje o programa da Festa da Flor da Madeira 2019, […]

Últimas

ICNF alarga período de licenciamento de caça ao javali até 30 de Setembro

[Fonte: Agricultura e Mar]
O ICNF — Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas decidiu prorrogar o prazo de licenciamento para as entidades titulares ou gestoras de zonas de caça interessadas em realizar medidas de correcção de densidade de javali, […]