Portugal reforça fundos da PAC após negociação do Conselho Europeu

Portugal reforça fundos da PAC após negociação do Conselho Europeu

Após uma longa negociação, o Conselho Europeu alcançou um acordo que estabelece o orçamento da UE para o período 2021-2027 e, com ele, a distribuição de Fundos para a Política Agrícola Comum (PAC). Os recursos financeiros destinados à agricultura e ao desenvolvimento rural provêm do Quadro Financeiro Plurianual e do Instrumento de Recuperação (Next Generation EU).

Com o envelope acordado para a PAC, o Ministério da Agricultura considera estarem asseguradas as condições necessárias para que o setor possa superar os desafios que se lhe colocam, garantindo a sua modernização e o apoio a uma transição justa na construção de mais sustentabilidade nos próximos 7 anos.

Como resultado desta negociação, Portugal conseguiu, para a PAC, não só atingir, como ultrapassar o seu objetivo negocial de garantir o orçamento do período atual, através do reforço do envelope financeiro, para o período 2021-2027, de 446 milhões de euros, comparativamente ao período de 2014-2020.

Assim, estarão disponíveis, a partir de 2021, 9.782 milhões de euros de fundos comunitários distribuídos no I pilar da PAC (Pagamentos Diretos e Medidas de mercado), com 5.509 milhões de euros, e no II pilar da PAC (o Desenvolvimento Rural), com 4.274 milhões de euros. Este montante global da PAC representa um acréscimo de 5%, a preços correntes, entre períodos de programação.

É ainda de destacar que o processo negocial permitiu inverter um corte inicialmente previsto na proposta da Comissão Europeia, em junho de 2018, que se cifrava em -15% no Desenvolvimento Rural, e um reforço de 2 pontos percentuais no caso dos Pagamentos Diretos.

Comente este artigo
Anterior Live-stream: PINUS WebCast “As Tabelas de Produção como ferramenta de apoio à gestão do pinhal-bravo”
Próximo PCP considera que acordo do Conselho Europeu “não é positivo” para Portugal

Artigos relacionados

Nacional

Agricultores de Coimbra exigem controlo de animais que destroem culturas

A Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra (Adaco) exigiu hoje um “controlo efetivo” dos animais selvagens que destroem as culturas agrícolas […]

Dossiers

CAP visita Bloco Logístico e o Modelo de Loja Eficiente da Mercadona

O Presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa, e o Secretário-Geral Luís Mira visitaram hoje as instalações da Mercadona em Madrid. […]

Nacional

Ministro defende “ligação entre ciência e agricultores” para reduzir impacto das alterações climáticas

[Fonte: Rádio Campanário] O INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária assinalou o Dia do Agricultor 2019 esta quarta-feira (15 de maio), […]