Drone agrícola aplicação de herbicidas

A Associação de Produtores Agrícolas de Precisão e a Herdade Torre das Figueiras, em Monforte, realizaram um ensaio aplicação de herbicida com drone agrícola em cereais de Outono-Inverno.

Voando até 25 km/h a 3 m de altura, com débito proporcional ao avanço, passagens de 6 metros, o drone tem a potencialidade para fazer 100 hectares numa manhã. O próximo passo será testar esta tecnologia em aplicação de ultra baixo volume (15 L/ha).

José Maria Falcão garante que «o uso de drones na aplicação de fitofármacos tem um conjunto de mais-valias – aplicação noturna, quando não conseguimos entrar com o trator no campo ou quando a cultura está demasiado alta. Além disso, a pegada de carbono é menor, devido à poupança de combustível» e considera que a DGAV deve, em articulação com o setor, debater estas mais-valias e flexibilizar a legislação que atualmente proíbe o uso de drones para aplicação de produtos fitofarmacêuticos em Portugal.

Comente este artigo
Anterior Manual de Boas Práticas de Fruticultura - Amendoeira
Próximo Informação aos utilizadores profissionais de sementes

Artigos relacionados

Comunicados

CAP lança serviço de apoio aos agricultores

Porque a Agricultura não para e as empresas agrícolas têm de continuar a trabalhar para garantir a produção, o abastecimento da […]

Últimas

Morreu Joaquim Marques Ferreira que liderou as áreas protegidas e o Alqueva

Faleceu nesta segunda-feira em sua casa Joaquim Marques Ferreira, com 65 anos de idade. Era licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão de Lisboa e actualmente presidente do conselho de administração das empresas Águas Públicas do Alentejo e Águas de Santo André. […]

Dossiers

La almendra largueta ha subido casi un 30% en los dos últimos meses


La campaña está muy avanzada y con la recolección casi terminada. La almendra americana sigue bajando precios, presionando a nuestro mercado, […]