Projeto “GrassData” para uma área de cerca de cem mil hectares de teste no Alentejo

Projeto “GrassData” para uma área de cerca de cem mil hectares de teste no Alentejo

[Fonte: Voz do Campo]

Enquadrado na Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030, Portugal INCoDe.2030 (designadamente no Eixo 5 – Investigação), que promove, a partir do conhecimento científico gerado com base na análise de grandes quantidades de dados disponíveis na Administração Pública.

A produção de novos conhecimentos relevantes para os cidadãos e a melhoria contínua dos serviços públicos e a otimização de recursos, foi recentemente aprovado pela FCT, o projeto de ID&CT em Ciência dos Dados e Inteligência Artificial na Administração Pública, envolvendo a parceria estabelecida entre a Associação do Instituto Superior Técnico para a Investigação e o Desenvolvimento (IST-ID) e o IFAP.

O projeto ID&CT designado “GrassData” – “Desenvolvimento de algoritmos para identificação, monitorização, verificação de conformidade e quantificação de sequestro de carbono em pastagens”, tem como objetivo desenvolver algoritmos, que utilizarão microdados detidos pelo IFAP para calibração e validação dos dados, para a monitorização e verificação de conformidade que automaticamente verifiquem os resultados de práticas que melhoram a proteção do solo e o sequestro de carbono em pastagens (como gestão de matos e existência de gradagens). Tais algoritmos poderão contribuir positivamente para as atividades do IFAP, tal como para outros organismos públicos responsáveis pela avaliação de políticas públicas de agricultura e ambiente.

O projeto terá uma área de cerca de 100.000 hectares de teste no Alentejo, a região nacional com mais pastagens e, possui articulação com o Grupo Operacional Solo, liderado pela Terraprima, através do projeto PDR2020-101-031243, designado “Avaliação da dinâmica da matéria orgânica em solos de pastagens semeadas biodiversas através do desenvolvimento de um método de monitorização expedito e a baixo custo”.

O projeto obteve um financiamento de € 239.733,72 e a sua execução decorrerá ao longo de 36 meses, entre 2020 e 2022.

Comente este artigo

O artigo Projeto “GrassData” para uma área de cerca de cem mil hectares de teste no Alentejo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Previsões agrícolas: Boas perspetivas para as produções de pomares e vinhas - Julho de 2019
Próximo Gasóleo colorido e marcado – Majoração da Taxa Reduzida

Artigos relacionados

Últimas

Ponto.

[Fonte: SAPO 24]

À beira do Fluvial, debaixo das árvores densas, a gente anda no passeio e vai-se desviando das pratas. […]

Nacional

Casa Ferreirinha e Sandeman distinguidas internacionalmente pela sustentabilidade

[Fonte: Vida Rural]

A Casa Ferreirinha e a Sandeman foram distinguidas, nos EUA, no âmbito do ‘2019 International Award of Excellence in Sustainable Winegrowing’, […]

Dossiers

Oferta de Emprego – Engenheiro Agrónomo (M/F) – Lisboa

A Regaoeste, Lda. empresa Distribuidora de Adubos e Produtos Fitofármacos  está a recrutar um engenheiro Agrónomo.