Gasóleo colorido e marcado – Majoração da Taxa Reduzida

Gasóleo colorido e marcado – Majoração da Taxa Reduzida

Os pequenos agricultores, pequenos aquicultores e a pequena pesca artesanal e costeira que utilizem gasóleo colorido e marcado com um consumo anual até 2000 litros, tendo como referência o consumo do ano de 2018, terão direito a uma majoração dos subsídios de 0,06 EUR/litro sobre a taxa reduzida aplicável.

Os candidatos nas condições acima descritas terão, igualmente e cumulativamente, que se encontrar legalmente constituídos e ter a sua situação tributária e contributiva regularizada até à data de 5 de julho de 2019.

O pagamento da majoração de subsídio é efetuado pelo IFAP, por transferência bancária, sendo obrigatório que os candidatos estejam registados na Base de Dados do IB – Identificação do Beneficiário deste Instituto.

Para esclarecimentos adicionais consulte o Edital divulgado pela Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) ou, para quaisquer dúvidas relativas aos pagamentos, contacte o IFAP através do endereço de correio eletrónico  ifap@ifap.pt ou pelos restantes canais do Contact Center que tem ao seu dispor: Atendimento Presencial, na Rua Fernando Curado Ribeiro, n.º 4G, em Lisboa, Atendimento Eletrónico  ou Atendimento Telefónico, através do 217 513 999.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em IFAP.

Anterior Projeto “GrassData” para uma área de cerca de cem mil hectares de teste no Alentejo
Próximo PCP, BE e “Os Verdes” vão pedir ao Tribunal Constitucional fiscalização das leis laborais

Artigos relacionados

Sugeridas

Drones e sondas entram na agricultura de tradição familiar no Alentejo

Emílio Cruz abandonou o mundo da fotografia e o seu país, Espanha, para herdar 115 hectares de terra em Campo Maior, […]

Comunicados

Ministério da agricultura apresenta medidas para matas nacionais afetadas pelos incêndios

O Governo acaba de apresentar um conjunto de medidas destinadas à recuperação das Matas Nacionais afetadas pelos incêndios. De acordo com um Despacho assinado pelo Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, […]

Últimas

As alterações climáticas são a nova desculpa para a falta de manutenção – Duarte Marques

A maior especialidade do Governo de António Costa é aligeirar responsabilidades e encontrar desculpas para a sua incompetência ou incapacidade. Se Passos Coelho e o Governo que tirou Portugal da bancarrota eram o “bode expiatório” habitual, […]