Observatório diz que há “problemas que não estão completamente resolvidos”

Observatório diz que há “problemas que não estão completamente resolvidos”

Mais de mil bombeiros estiveram envolvidos no combate aos incêndios este fim-de-semana no centro do país

O Observatório Técnico Independente criado pelo Parlamento para acompanhar os incêndios florestais considerou este domingo que há “problemas que não estão completamente resolvidos”, acrescentando que vai fazer um relatório sobre os fogos deste fim-de-semana.

O presidente do observatório, Francisco Rego, afirmou que este organismo “não se vai pronunciar antes de ser feita uma análise bastante completa” sobre os incêndios que estão a lavrar há mais de 24 horas nos concelhos da Sertã e Vila de Rei (Castelo Branco) e que depois passou para Mação (Santarém).

Francisco Rego adiantou que o observatório, organismo criado pela Assembleia da República em 2018, vai fazer um relatório sobre estes fogos, mas só depois da época crítica de incêndios, em Outubro.

“O que tentamos fazer em termos de observatório é manter algum distanciamento e alguma frieza na análise das ocorrências”, disse, para justificar o facto em não se alongar sobre a forma como estão a ser combatidos estes incêndios.

No entanto, frisou que “é evidente que há indicadores que apontam para problemas que não estão completamente resolvidos”.

Os incêndios que lavram, desde sábado, nos concelhos da Sertã, Vila de Rei e Mação mobilizam mais de mil bombeiros e 15 meios aéreos, segundo a Protecção Civil.

O artigo foi publicado originalmente em Público.

Comente este artigo
Anterior Incêndios. Proença-a-Nova de prevenção caso seja atingido por fogo de Vila de Rei
Próximo Ventos fortes e altas temperaturas complicam fogo em Vila de Rei e Mação

Artigos relacionados

Últimas

Açores admitem plano para fazer face a prejuízos na venda de queijo para os EUA

O titular da pasta da Agricultura, citado em nota de imprensa, declarou que “se se verificar que o agravamento das taxas aduaneiras dos Estados Unidos não for alterado e influenciar as vendas do queijo de São Jorge naquele país, […]

Nacional

Incêndios: Rebanho de cabras ajuda casal a refazer a vida após fogos de 2017

Um casal atingido pelos incêndios de 2017 pastoreia agora uma centena de cabras, na Serra do Açor, e espera que novos rebanhos venham reforçar a aposta numa economia do interior ambientalmente sustentável. […]

Nacional

Candidaturas abertas ao The European Bee Award 2020

A European Landowners Organization (ELO) e a European Agricultural Machinery Industry (CEMA) lançaram a nova Call para inscrições no European Bee Award! […]