Navigator e BBVA lançam primeira linha de papel comercial ‘verde’ em Portugal

O BBVA e a The Navigator Company lançaram a primeira linha de papel comercial ‘green’ (verde) em Portugal, uma operação de 65 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira o grupo industrial de papel.

“O BBVA foi o banco e o ‘bookrunner’ da operação, assessorando o cliente durante todo o processo, sendo o único financiador”, de acordo com a empresa que produz e comercializa papel.

“O papel comercial é um produto de financiamento muito utilizado em Portugal e a The Navigator Company destinará este financiamento a cobrir necessidades corporativas gerais”, refere a empresa em comunicado.

Trata-se de uma “operação sustentável porque as condições de financiamento estão vinculadas à classificação ESG (Environmental, Social and Governance), certificado pela agência meio ambiental Sustainalytics”, refere a The Navigator Company, acrescentando que o grupo conta com uma classificação ESG “muito boa e, em caso de melhoria da mesma, vê a suas condições financeiras melhoradas”.

Esta operação, refere, “é uma demonstração relevante do compromisso de responsabilidade social e meio ambiental da empresa que é líder em Portugal e está entre as primeiras internacionalmente no setor do papel”.

A Navigator é a terceira maior exportadora em Portugal, sendo que a empresa representa cerca de 1% do Produto Interno Bruto (PIB), cerca de 3% das exportações portuguesas, perto de 8% do total da carga contentorizada e de 7% do total desta carga e da carga convencional exportada pelos portos nacionais.

As vendas do grupo têm como destino 130 países nos cinco continentes, com destaque para a Europa e Estados Unidos.

“A The Navigator Company dispõe dos maiores viveiros florestais da Europa, com uma capacidade anual de produção de cerca de 12 milhões de plantas certificadas de diversas espécies, que se destinam à renovação da floresta nacional”, de acordo com o grupo industrial.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Dinheiro Vivo.

Anterior Queridos agriões
Próximo Ideias eco-inovadoras? Há um concurso que as premeia

Artigos relacionados

Últimas

Governo anula há dois meses incentivos às empresas para limpar projetos parados

Com o Portugal 2020 a entrar na reta final, as autoridades de gestão dos incentivos às empresas estão há dois meses a anular os projetos que não estão a ter execução. […]

Últimas

Falecimento do Professor Doutor Fernando Manuel Girão Monteiro

As cerimónias fúnebres realizam-se a 21 de janeiro de 2020 no Centro Funerário de Cascais […]

Candidaturas e pagamentos

PDR2020: Ministério da Agricultura garante apoio aos compromissos agroambientais

Os compromissos de natureza agroambiental, assumidos em 2015, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural […]