Ideias eco-inovadoras? Há um concurso que as premeia

Ideias eco-inovadoras? Há um concurso que as premeia

[Fonte: Voz do Campo]

Prémio ECOTROPHELIA incentiva estudantes do ensino superior a desenvolverem produtos inovadores para o setor agroalimentar. Candidaturas estão abertas até 3 de abril.

As candidaturas para a 3ª edição do Prémio ECOTROPHELIA Portugal, iniciativa que promove a eco-inovação, o empreendedorismo e a competitividade no setor agroalimentar, desafiando estudantes do ensino superior a desenvolverem produtos alimentares diferenciados, já estão abertas e decorrem até dia 3 de abril. A PortugalFoods, associação que representa o setor agroalimentar e organizador do prémio no país, está a percorrer as universidades e institutos de norte a sul dando a conhecer o galardão e em busca de ideias inovadoras e sustentáveis.

O ECOTROPHELIA Europe conta já com 19 edições e decorre em 17 países, nomeadamente Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Lituânia, Reino Unido, Roménia, Sérvia e ainda Portugal, onde acontece há três anos. A nível internacional, contou já com a participação de mais de 4.000 estudantes de mais de 500 instituições de ensino, resultando em mais de 860 produtos desenvolvidos e mais de 80 produtos industrializados ou comercializados, contando com o apoio de cerca de 2.000 empresas. Em Portugal, em duas edições, o prémio envolveu mais de 150 estudantes, mais de 20 entidades do sistema científico-tecnológico e mais de 20 empresas, tendo sido desenvolvidos 32 produtos.

Para os meses de fevereiro e março, a organização tem preparado um roadshow pelo país, onde espera encontrar talentosos concorrentes ao prémio. Na sexta-feira, dia 15, marcará presença na Faculdade de Ciências do Porto, cidade onde volta no final do mês. Entretanto, passará por Lisboa e por Beja. Outros pontos de paragem serão anunciados brevemente pela organização.

Após a fase de candidatura, os projetos que se inscreverem passarão  pelo olhar atento de profissionais de diferentes áreas, que irão avaliar a ideia e o potencial do projeto para o setor. O júri é encabeçado por Vergílio Folhadela, da RAR Holding, também embaixador do prémio.

Os interessados têm até dia 3 de abril para apresentar as suas candidaturas e os 10 finalistas da edição de 2019 serão conhecidos a 15 de abril. A competição nacional e cerimónia de entrega do galardão decorrerá no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, a 21 de maio, e o grande vencedor terá a oportunidade de representar o país a nível europeu. A competição internacional terá lugar nos dias 6 e 7 de outubro, em Colónia, na Alemanha, no âmbito da ANUGA, feira internacional do setor de alimentos e bebidas.

Datas do roadshow:
12 de fevereiro – Instituto Politécnico de Viana do Castelo – ESTG
15 de fevereiro – Universidade do Porto – Faculdade de Ciências
26 de fevereiro – Instituto Superior Agronomia, Lisboa
27 de fevereiro – Escola Superior de Biotecnologia, Católica Porto
01 de março – Universidade Nova de Lisboa: Nova Medical School
01 de março – Instituto Politécnico de Beja

Mais informações aqui.

Comente este artigo

O artigo Ideias eco-inovadoras? Há um concurso que as premeia foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Navigator e BBVA lançam primeira linha de papel comercial ‘verde’ em Portugal
Próximo Algarorange. Um marco histórico para a fileira

Artigos relacionados

Nacional

Horticultores do litoral alentejano contestam restrições a mais estufas

[Fonte: Público] Moção aprovada pelos autarcas de Odemira critica os “constrangimentos gerados” pelas culturas em estufa e a “perturbação” social causada pelo fenómeno migratório.

A clivagem entre as posições tomadas pela Assembleia Municipal de Odemira (AMO), que está contra novos investimentos agrícolas dentro do Perímetro de Rega do Mira (PRM), […]

Nacional

​Dominado fogo no concelho de Ourique

[Fonte: Rádio Renascença]

O incêndio florestal que deflagrou na segunda-feira à tarde no concelho de Ourique, distrito de Beja, foi dominado cerca das 1h50.
A segunda comandante distrital de Operações de Socorro de Beja, Lucínia Aires, indicou que continuam no terreno 264 operacionais, […]

Nacional

Asfertglobal. Biofertilizantes em fruticultura – parte integrante de uma fertilização sustentável

[Fonte: Voz do Campo]

Focada no desenvolvimento de biofertilizantes e bioestimulantes, com base no uso de microrganismos e de novas moléculas orgânicas originárias de fontes naturais, a Asfertglobal é uma empresa de capital 100% nacional que produz praticamente todo o seu portefólio na fábrica em Santarém, […]