Governo dá descontos a estrangeiros no IRS (para pilotos, trabalhadores do turismo, construção e agricultura)

Governo dá descontos a estrangeiros no IRS (para pilotos, trabalhadores do turismo, construção e agricultura)

Finanças reveem lista de profissões com benefício fiscal. Consultores, arquitetos e psicólogos saltam fora

O Governo está a ultimar alterações ao regime de residentes não-habituais (RRNH), o regime fiscal que pretende atrair “cérebros” e reformados estrangeiros para Portugal a troco de generosos descontos no IRS. Para já avançam pequenas mexidas na lista de profissões sujeitas a benefícios fiscais, ficando a polémica questão dos reformados adiada, para quando houver uma avaliação completa do seu custo-benefício.

A Portaria que as Finanças se preparam para publicar contém várias alterações face à que está atualmente em vigor. Desde logo, quanto às profissões que podem candidatar-se ao RRNH.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior Comissão Europeia: sem Espanha no caminho, Costa espera ter fundos europeus
Próximo Investigador precisa de financiamento para alargar projecto a mais agricultores alentejanos

Artigos relacionados

Nacional

Proença-a-Nova: Proprietários florestais incentivados a limpar, cooperar e ganhar dividendos com os seus terrenos


O Município de Proença-a-Nova promoveu, nos meses de janeiro e fevereiro, 16 ações de sensibilização sobre a temática da floresta – […]

Últimas

Instituto dos vinhos do Douro e do Porto apresenta programa Port Wine Day 2018 – 1 a 10 de setembro

22.08.2018
Comemorações do Vinho do Porto e da Região Demarcada do Douro têm pontos altos na Declaração de Ano Vintage 2016 e Regata no Douro Vinhateiro, […]

Eventos

O regadio em Portugal: que futuro? – 7 setembro – Agroglobal

Que futuro para o regadio em Portugal? Que ideias e projetos existem para garantir esse futuro? À procura de respostas para estas e outras perguntas, […]