Governo dá descontos a estrangeiros no IRS (para pilotos, trabalhadores do turismo, construção e agricultura)

Governo dá descontos a estrangeiros no IRS (para pilotos, trabalhadores do turismo, construção e agricultura)

Finanças reveem lista de profissões com benefício fiscal. Consultores, arquitetos e psicólogos saltam fora

O Governo está a ultimar alterações ao regime de residentes não-habituais (RRNH), o regime fiscal que pretende atrair “cérebros” e reformados estrangeiros para Portugal a troco de generosos descontos no IRS. Para já avançam pequenas mexidas na lista de profissões sujeitas a benefícios fiscais, ficando a polémica questão dos reformados adiada, para quando houver uma avaliação completa do seu custo-benefício.

A Portaria que as Finanças se preparam para publicar contém várias alterações face à que está atualmente em vigor. Desde logo, quanto às profissões que podem candidatar-se ao RRNH.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior Comissão Europeia: sem Espanha no caminho, Costa espera ter fundos europeus
Próximo Investigador precisa de financiamento para alargar projecto a mais agricultores alentejanos

Artigos relacionados

Últimas

Coronavírus: Comissão está pronta a prosseguir o apoio ao setor agroalimentar da UE

Desde o surto de coronavírus, o setor agroalimentar da União Europeia está a demonstrar a sua resiliência e continua a fornecer aos europeus […]

Últimas

Incêndios em Castelo Branco mobilizam quase 500 bombeiros e 17 meios aéreos

Dois incêndios em povoamento florestal, ambos no distrito de Castelo Branco, um no município de Vila de Rei e outro na Sertã, […]

Nacional

​Costa quer Portugal sem centrais a carvão em 2030 e antecipa proibição do plástico descartável

O primeiro-ministro assumiu esta terça-feira, no parlamento, as metas de Portugal chegar a 2030 sem qualquer central a carvão em funcionamento, […]