GNR já deteve este ano 37 pessoas pelo crime de incêndio florestal

GNR já deteve este ano 37 pessoas pelo crime de incêndio florestal

Entre 1 de Janeiro e 23 de Junho a GNR registou 2650 crimes de incêndio florestal e identificou ainda 304 pessoas relacionadas com esse tipo de crime.

Os incêndios rurais já consumiram este ano 9705 hectares Paulo Pimenta

Desde o início do ano e até ao passado dia 23 de Junho a GNR deteve 37 pessoas pelo crime de incêndio florestal. São alguns dos responsáveis pelos 2650 crimes de incêndio florestal registados pelos militares no mesmo período. A GNR identificou ainda 304 pessoas pelo mesmo motivo.

Continue a ler este artigo no Público.

Comente este artigo
Anterior Governo dos Açores participa, em Bruxelas, no Infoday do Horizonte 2020
Próximo O Referencial GLOBALG.A.P., uma “nova” oportunidade para os Produtores Agrícolas - João Rodrigues

Artigos relacionados

Eventos

Reutilização de águas residuais na agricultura – 11 a 15 de maio – Saragoça

Evento organizado pelo Mediterranean Agronomic Institute of Zaragoza e Mediterranean Agronomic Institute of Bari. […]

Dossiers

Farm Europe: “The Future of Agriculture and food” deserves better than a technocratic discussion about a proposal to renacionalize

The “New Delivery Mechanism”, which is central in the European Commission’s communication on the future of the Common Agricultural Policy (CAP), […]

Nacional

Incêndios: Vinte e seis concelhos de quatro distritos em risco muito elevado

Vinte e seis concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Castelo Branco e Santarém apresentam risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). […]