FEIRA DA LUZ/EXPOMOR organiza colóquio sobre o Toiro Bravo – 31 de Agosto – Montemor-o-Novo

FEIRA DA LUZ/EXPOMOR organiza colóquio sobre o Toiro Bravo – 31 de Agosto – Montemor-o-Novo

[Fonte: Apormor] O Toiro Bravo vai estar presente pela primeira vez na FEIRA DA LUZ-EXPOMOR, que decorre em Montemor-o-Novo de 28 de Agosto a 2 de Setembro. “Montemor – Identidade, Economia, Valores e Tradições – O Toiro Bravo” é tema do colóquio do dia 31 de Agosto, às 15h, no auditório da APORMOR.

Entre outras grandes figuras do meio taurino será cabeça de cartaz o ganadeiro alentejano Dr. Joaquim Grave que dirige a afamada Ganadaria Murteira Grave, de tão grandes tradições e que neste momento ocupa um dos lugares mais altos no panorama taurino mundial. Na segunda parte da sessão será prestada uma homenagem ao Grupo de Forcados Amadores de Montemor-o-Novo pela passagem dos seus 80 anos de existência.

«Pretende-se que esta jornada constitua um momento de afirmação dos valores, identidade e economia do Mundo Rural e do Toiro Bravo e, ao mesmo tempo, uma sessão de esclarecimento sobre tudo o que envolve a criação e a lide desta espécie muito importante do nosso sistema agro-silvo-pastoril do montado», afirma Joaquim Capoulas, presidente da APORMOR- Associação de Produtores de Bovinos, Ovinos e Caprinos da Região de Montemor-o-Novo, entidade organizadora da EXPOMOR.

«A existência do toiro bravo tem sido, nos últimos tempos, ameaçada por movimentos criados nos labirintos das ideias urbanas, escritas em nome da libertação animal e que querem regular o comportamento dos aderentes, com espírito totalitário e sem qualquer respeito pelos que não partilham das mesmas ideias. É com preocupação que vemos estes movimentos serem aceites ou tolerados por forças políticas com alguma representatividade», lamenta o presidente da APORMOR.

O ecossistema agro-silvo-pastoril do montado, criado e aperfeiçoado pelo Homem, ocupa cerca de 80% da área do território alentejano e tem-se mantido ao longo do tempo por haver atividades económicas que o tornam sustentável. A pecuária extensiva, incluindo a criação do Toiro Bravo, é uma delas.

No dia 2 de Setembro, às 10h30, realiza-se no auditório da APORMOR um colóquio sobre “Solo do Montado Alentejano – a importância na sua manutenção”, com a intervenção de investigadores da Universidade de Évora e da Escola Superior Agrária de Elvas, entre outros especialistas da área dos solos e da agricultura sustentável.

A programação da EXPOMOR inclui concursos e leilões das principais raças de bovinos e ovinos, degustação de pratos confecionados com carne de pecuária extensiva, entre muitas outras atividades.

Consulte AQUI o programa da EXPOMOR 2019.

Comente este artigo
Anterior Dia Aberto sobre a Cultura do Arroz no Baixo Mondego - 30 de agosto - Montemor-o-Velho
Próximo 2º Dia Aberto do GoFigo Produção - 31 de agosto - Torres Novas

Artigos relacionados

Últimas

Federação Minha Terra promove Conferência LEADER/ DLBC 2019 – 25 e 26 de novembro – Amarante

A Federação Minha Terra realiza nos próximos dias 25 e 26 de novembro, no Centro Cultural de Amarante […]

Eventos

Projeto CV3: A relação do sector Vitícola com o consumidor final – 9 de maio – Dois Portos, Torres Vedras

Prosseguindo a missão do Projeto CV3 – Criação de Valor na Vinha e no Vinho […]

Últimas

Construção de Sistemas Alimentares Territoriais Sustentáveis e Inclusivos em debate – 16 de março

O seminário online “A Construção de Sistemas Alimentares Territoriais Sustentáveis e Inclusivos: Diálogo com os pés no […]