Dois meios aéreos combatem incêndio no Fundão. Não há habitações em risco

Cerca de 90 operacionais, apoiados por 27 veículos e dois meios aéreos, combatem um incêndio no Fundão, informou este sábado fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, acrescentando que não há habitações em risco.

O incêndio começou às 13h48, na localidade de Quinta da Esparrela, afetando apenas zona de mato e floresta, “com algumas áreas agrícolas pelo meio”, disse à agência Lusa fonte do CDOS de Castelo Branco, salientando que não há habitações ou povoações em risco.

O combate a este incêndio, que apenas tem uma frente de fogo ativa, “está a melhorar significativamente”, referiu a mesma fonte.

Às 16h, de acordo com o CDOS, estavam mobilizados para o combate 92 operacionais, apoiados por 27 veículos e por dois meios aéreos. No combate já chegou a estar envolvido um terceiro meio aéreo.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Anterior António Costa. "Portugal foi o país da UE que mais reduziu emissões de carbono"
Próximo Cerca de 90 operacionais e dois meios aéreos combatem fogo no Fundão

Artigos relacionados

Últimas

Gestores dos fundos europeus vão aceder à base de dados do Fisco para acelerar candidaturas de empresas

As empresas têm multiplicado as queixas de atrasos nos fundos comunitários. Seja na análise das candidaturas, sobretudo quando há grandes picos de afluência nos concursos lançados, […]

Últimas

A recuperação de ecossistemas salva vidas

[Fonte: O Jornal Económico]

O setor humanitário  não tem tido mãos a medir na resposta a crises humanitárias. […]

Nacional

Mangualde recebe sessão dos Fóruns de Modernização da Agricultura do Crédito Agrícola


O Grupo Crédito Agrícola vai promover no próximo dia 4 de junho, às 14h00, a próxima sessão temática no âmbito dos Fóruns de Modernização da Agricultura, […]