Dois meios aéreos combatem incêndio no Fundão. Não há habitações em risco

Cerca de 90 operacionais, apoiados por 27 veículos e dois meios aéreos, combatem um incêndio no Fundão, informou este sábado fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, acrescentando que não há habitações em risco.

O incêndio começou às 13h48, na localidade de Quinta da Esparrela, afetando apenas zona de mato e floresta, “com algumas áreas agrícolas pelo meio”, disse à agência Lusa fonte do CDOS de Castelo Branco, salientando que não há habitações ou povoações em risco.

O combate a este incêndio, que apenas tem uma frente de fogo ativa, “está a melhorar significativamente”, referiu a mesma fonte.

Às 16h, de acordo com o CDOS, estavam mobilizados para o combate 92 operacionais, apoiados por 27 veículos e por dois meios aéreos. No combate já chegou a estar envolvido um terceiro meio aéreo.

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior António Costa. "Portugal foi o país da UE que mais reduziu emissões de carbono"
Próximo Cerca de 90 operacionais e dois meios aéreos combatem fogo no Fundão

Artigos relacionados

Últimas

Há mais 1752 homens e 12 helicópteros para combater as chamas. Falta mobilizar os proprietários dos terrenos

O Verão de 2017 trouxe mais consciência aos portugueses sobre o risco dos incêndios, trouxe alertas para os políticos e lançou a todos o desafio: é […]

Nacional

Quantidade de pinhas de pinheiro-manso apreendidas quadruplica face a 2018

A apanha da pinha de pinheiro-manso, ainda que esteja caída no chão, está interditada fora do período de 01 de Dezembro a 31 de Março de 2020. […]

Últimas

Faça Chuva Faça Sol – T.3 Ep.21

Em pleno Baixo Alentejo, no Campo Branco, há uma simbiose entre a agropecuária e a preservação da natureza, e que resulta do Plano Zonal de […]