Cerca de 90 operacionais e dois meios aéreos combatem fogo no Fundão

Cerca de 90 operacionais e dois meios aéreos combatem fogo no Fundão

Cerca de 90 operacionais, apoiados por 27 veículos e dois meios aéreos combatem um incêndio no Fundão, informou este sábado fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, acrescentando que não há habitações em risco.

O incêndio começou às 13h48, na localidade de Quinta da Esparrela, afetando apenas zona de mato e floresta, “com algumas áreas agrícolas pelo meio”, disse à fonte do CDOS de Castelo Branco, salientando que não há habitações ou povoações em risco.

O combate a este incêndio, que apenas tem uma frente de fogo ativa, “está a melhorar significativamente”, referiu a mesma fonte.

Às 16h00, de acordo com o CDOS, estavam mobilizados para o combate 92 operacionais, apoiados por 27 veículos e por dois meios aéreos. No combate já chegou a estar envolvido um terceiro meio aéreo.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença .

Anterior Dois meios aéreos combatem incêndio no Fundão. Não há habitações em risco
Próximo Empresas de canábis nascem como cogumelos em Portugal

Artigos relacionados

Notícias mercados

Colheita da amêndoa confirma aumento de produção em 55%

A colheita da amêndoa veio confirmar o expressivo aumento de produção inicialmente previsto, estimando-se que possa atingir as 34 mil toneladas (55% acima do valor alcançado em 2018), […]

Nacional

Mais de 410 homens e 13 meios aéreos combatem incêndio em Pampilhosa da Serra

Pelo menos 345 operacionais apoiados por 11 meios aéreos e 93 viaturas estavam, pelas 16h30 desta terça-feira, a combater um incêndio em Pampilhosa da Serra, […]

Últimas

FENAREG apresentou estratégia de longo prazo para o regadio em Portugal ao Ministro da Agricultura na FNA

A FENAREG apresentou a 14 de Junho, na Feira Nacional de Agricultura, uma proposta de estratégia para as políticas públicas de regadio até […]