BEI financia investimentos de 463 mil milhões na UE. Portugal é um dos beneficiários

BEI financia investimentos de 463 mil milhões na UE. Portugal é um dos beneficiários

O Banco Europeu de Investimento (BEI) vai financiar com 84,6 mil milhões de euros investimentos na União Europeia (UE), que deverão mobilizar um total de 463 mil milhões, sendo Portugal um dos principais países beneficiários, anunciou esta sexta-feira Bruxelas.

Em comunicado, a Comissão Europeia explica que, “após a reunião do Conselho de Administração do BEI, o Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos do Plano de Investimentos para a Europa deverá agora gerar 463 mil milhões de euros em investimentos adicionais na UE”, tendo em conta as contas de Bruxelas.

Em causa estão as “operações [agora] aprovadas no âmbito do Plano de Investimentos para a Europa, que representam 84,6 mil milhões de euros em financiamento” do BEI, acrescenta o executivo comunitário. Ao todo, a Comissão Europeia estima que 1,1 milhões de startups e pequenas e médias empresas beneficiem deste financiamento agora aprovado.

Portugal é, atualmente, o terceiro Estado-membro da UE que mais beneficia deste financiamento e com mais investimento gerado ao abrigo deste apoio comunitário, logo a seguir à Grécia e à Estónia.

Dados publicados no site da Comissão Europeia referem que, ao todo, o país já recebeu 2,7 mil milhões de euros em financiamento do BEI ao abrigo deste plano criado em 2015. Por sua vez, este financiamento já gerou 10 mil milhões de euros em investimentos em Portugal, montante que tem em conta o apoio do BEI e o dinheiro aplicado pelos promotores dos projetos (privados ou públicos).

O artigo foi publicado originalmente em ECO - fundos comunitários.

Comente este artigo
Anterior DS Smith lança relatório sobre tendências do packaging
Próximo Nuno Russo inaugura Feira 100% Agrolimiano em Ponte de Lima

Artigos relacionados

Comunicados

EDIA atualiza e expande a área coberta pelos ortofotomapas

Já se encontram acessíveis no site da EDIA os ortofotomapas de 2019, dando assim continuidade à disponibilização gratuita dos seus dados geográficos. […]

Últimas

Medidas de proteção pecuária associadas à “situação de calamidade”

A DGAV emitiu o Despacho nº 14-A/G/2020 de 12 de maio que determina um conjunto de Medidas de proteção pecuária associadas à “situação de […]

Nacional

A política florestal explicada em futebolês – Paulo Pimenta de Castro

O rendimento silvícola é essencial para assegurar uma adequada gestão. Gestão essa que deve incorporar medidas de contenção dos riscos.

A definição de floresta tem sido motivo de crescente controvérsia a nível internacional. […]