Ainda a incompetência no Ministério da Agricultura: respostas, factos e opiniões – Francisco Castro Rego

Ainda a incompetência no Ministério da Agricultura: respostas, factos e opiniões – Francisco Castro Rego

A ministra da Agricultura e alguns dirigentes preferem fazer crer, como neste caso, que não existem falhas e que os problemas não existem. Lamentavelmente…

Num artigo de opinião publicado no PÚBLICO (13 de Agosto 2021) referia, entre outras demonstrações de Incompetência no Ministério da Agricultura, o “chumbo” por parte da Comissão Europeia ao pedido de reprogramação do PDR2020, o que conduziu a “atrasos” na concretização do Programa. O texto suscitou uma resposta da gestora do PDR2020 referindo que o meu artigo “lamentavelmente, poderia fazer crer” que houve falhas e consequências que considera não existirem. Por querer deixar os leitores esclarecidos venho descrever os factos e as opiniões a que eles conduziram.

O facto que designei de “chumbo” foi a decisão de não aprovação pela Comissão Europeia da proposta de reprogramação do PDR2020 apresentada em julho por Portugal. Este facto obrigou à elaboração de nova proposta que teve de ser de novo apreciada pelos 27 organismos e entidades que compõem a Comissão de Acompanhamento do PDR2020. A gestora do PDR2020 prefere naturalmente utilizar o eufemismo de que a Comissão solicitou a Portugal “a atualização dos recursos financeiros para o ano 2022”, em vez da palavra “chumbo”, que não será agradável para o Ministério da Agricultura, mas é uma linguagem que, tanto no meio académico como para o público em geral, tem um significado muito claro e preciso. Claro que a situação pode ser ultrapassada com a aprovação da nova proposta, já corrigida e apresentada para avaliação, como numa segunda época de exames. Mas o que aconteceu na primeira época não pode deixar de […]


Francisco Castro Rego

Engenheiro Silvicultor e Professor

Continue a ler este artigo no Público.

Comente este artigo
Anterior Quercus alerta para seca em "milhares" de carvalhos-negrais no Alentejo
Próximo Obras de 1,5ME para ampliar fábrica de transformação de porco preto em Ourique

Artigos relacionados

Últimas

“Bem-estar animal em aviários de produção de ovos” em foco na Agrária de Coimbra

Realiza-se no dia 18 de outubro, às 14h00, no Auditório H1 da Escola Superior Agrária – Instituto Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC), […]

Notícias florestas

Ministro da Administração Interna explica hoje no parlamento futuro do SIRESP

O ministro da Administração Interna é hoje ouvido no parlamento sobre o futuro da rede de comunicações do Estado (SIRESP), cujo contrato com a Altice termina a 30 de junho. […]

Últimas

Projeto MEDCLIV lança questionário sobre Ecossistema Mediterrânico da Vinha e do Vinho: Participe!

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, promotora do projecto português MEDCLIV – Ecossistema Mediterrânico da Vinha e do Vinho, […]