VIII Simpósio Nacional de Olivicultura – 7 a 9 Junho de 2018 – Santarém

VIII Simpósio Nacional de Olivicultura – 7 a 9 Junho de 2018 – Santarém

A oitava edição do Simpósio Nacional de Olivicultura irá decorrer no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, de 7 a 9 de Junho, associando-se às atividades do World Olive Oil Summit, durante a Feira Nacional de Agricultura de 2018.

Organizado pela Associação Portuguesa de Horticultura (APH), em parceria com o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) e a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Santarém (ESA/IPS), com o apoio do Centro Nacional de Exposições (CNEMA), o VIII Simpósio Nacional de Olivicultura pretende promover a discussão e a cooperação entre investigadores, técnicos, agricultores, estudantes, exportadores, políticos e outros agentes do setor para uma troca de experiências que contribua para o aumento da rentabilidade e sustentabilidade da indústria olivícola.

Os investigadores e técnicos são convidados a apresentar, até 15 de Abril de 2018, os resumos dos trabalhos técnico-científicos que pretendam submeter ao avento, nas seguintes áreas temáticas: Recursos genéticos e melhoramento; Ecofisiologia e nutrição; Sistemas e técnicas culturais; Proteção fitossanitária; Tecnologia e qualidade dos produtos do olival; Subprodutos; Economia e Inovação no setor olivícola. Cada sessão do Simpósio é iniciada por uma conferência plenária proferida por um investigador convidado, seguida de sessões de comunicações orais e em painel.

O VIII Simpósio Nacional de Olivicultura decorre numa conjuntura de mercado positiva, com a produção mundial de azeite a crescer, embora abaixo do consumo, o que tem originado a subida dos preços. A produção mundial da campanha 2017/2018 é estimada em 2.894.000 toneladas, mais 12% em relação à campanha anterior, segundo os últimos dados do Conselho Oleícola Internacional (COI). Já o consumo mundial de azeite é estimado em 2.954.000 toneladas no mesmo período.

Em Portugal, a produção de azeitona para azeite na campanha 2017/2018 é estimada 595 mil toneladas (+25% face à campanha anterior), segundo as previsões do Instituto Nacional de Estatística. O olival ocupava, em 2016, uma área global de 347.093 hectares, dos quais 52% no Alentejo e 45% nas regiões Centro e Norte do país. O valor global das exportações nacionais de azeite atingiu os 434 milhões de euros em 2016, revelador de um desempenho notável do setor.

«No atual quadro, revelador do dinamismo da fileira, é expectável que ao Simpósio sejam presentes comunicações de diversos agentes, contribuindo, nomeadamente, para a divulgação do como melhor produzir através da utilização de boas práticas, quer no olival, quer no lagar, cuja otimização contribuirá para a obtenção de produtos de elevada qualidade, a menores custos, respeitando, simultaneamente, o ambiente. De igual modo, a colocação no mercado dos produtos do olival é um tema aliciante que se espera venha a ser devidamente tratado neste Simpósio, para o qual se convidam todos os interessados», afirmam Pedro Jordão, investigador do INIAV, e Nuno Rodrigues, membro da direção da APH, que presidem à Comissão Organizadora do evento.

 

Para mais informação consulte: http://www.aphorticultura.pt/8sno.html

Comente este artigo
Anterior Alterações Climáticas na Agricultura - 27 de Fevereiro 2018 - Lisboa
Próximo Lactalis : retour sur les grandes dates de l’affaire

Artigos relacionados

Dossiers

Portugal, Espanha e França mantêm defesa da manutenção do orçamento da PAC

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira (na foto), afirmou esta terça-feira que Portugal, Espanha e França “mantêm uma posição unânime em defesa da manutenção do orçamento da Política Agrícola Comum (PAC) no quadro nas negociações”.
Medeiros Vieira fez esta declaração depois de, […]

Nacional

Frusoal apostada em “valorizar citrinos do Algarve”

[Fonte: Vida Rural]

A Frusoal, organização de produtores nacional, apresentou esta quarta-feira (6 de fevereiro) as suas marcas próprias para os citrinos do Algarve. Enquanto a Gomo é criada para os citrinos de categoria superior, a Biogomo irá comercializar laranjas produzidas em modo biológico. […]

Nacional

Interiorizar esta ideia

[Fonte: Vida Rural]

Desenvolvimento rural, coesão territorial, agricultura, fixação de pessoas. Os dilemas do costume num país onde a desertificação de uma grande parte do território parece ser inevitável e sem solução à vista. Neste ponto não há fórmulas mágicas mas há, […]