Um guia para descobrir a “beleza” integral de Portugal

Um guia para descobrir a “beleza” integral de Portugal

É um daqueles livros muito úteis para quem ainda não foi de férias e também não tem planos concretos. Chama-se Portugal – Turismo de Natureza e são 264 páginas carregadas de sugestões, de Norte a Sul do país, incluindo as ilhas dos Açores e da Madeira, entre quedas de água, praias (mais ou menos) secretas, florestas selvagens ou aldeias históricas.

Editado pela Zest, Portugal – Turismo de Natureza é da autoria da inglesa Edwina Pitcher, jornalista de viagens que nos últimos anos “nadou, caminhou, comeu e viajou intensivamente” pelo nosso país. “Estive pela primeira vez em Portugal no Outono de 2013, quando fiz uma caminhada que me levaria de Lisboa até ao Norte de Espanha com um cantil do Exército, um saco de bivaque e um canivete. Seguindo o caminho de Santiago de Compostela, atravessei grande parte de Portugal Continental. Senti-lhe o céu azul, o sol escaldante, os socalcos verdejantes e os ventos tempestuosos vindos do mar”, escreve Edwina na introdução deste guia. E, mais à frente, conta que regressou “vezes sem conta a este país rico em História” e descobriu um Portugal “intemporal e mágico”.

A partir daqui, desenrola-se o novelo. Servem-se dicas de orientação, um glossário do Portugal antigo e depois toca a mergulhar nas praias, nas festas populares, na comida e na bebida, nas aldeias de montanha, nas barragens, nos melhores lugares para estender a toalha de piquenique. Há sugestões de alojamento, de restaurantes a não perder, mapas e fotografias inspiradoras. Ao todo, são 700 “aventuras inesquecíveis, locais secretos e evasões paradisíacas”, garante a editora numa nota de imprensa.

No final, sobram ainda dois capítulos dedicados aos arquipélagos da Madeira e dos Açores, onde Edwina Pitcher sugere caminhadas por levadas, mergulhos nas cascatas ou a apanha de amêijoas na Fajã de Santo Cristo, na açoriana São Jorge. Resumindo, e nas palavras da autora, quem folhear este livro terá nas mãos “um compêndio de locais selvagens e secretos de todo o Portugal, onde reina a beleza”. Inspire-se e boa viagem.

Continue a ler este artigo no Público.

Comente este artigo
Anterior Um país não pode tudo mas tem responsabilidade no clima, diz Catarina Martins
Próximo Rio Sorraia está intransitável devido a "manto verde" que vai demorar a desaparecer

Artigos relacionados

Nacional

Incêndios: Fogo em Alvaiázere em fase de resolução

O fogo, que teve início pelas 16:18 num povoamento florestal na localidade de Bemposta, na freguesia de Almoster, no concelho de Alvaiázere, […]

Nacional

Direcção Regional de Agricultura aposta na valorização da cultura da cerejeira na Madeira

A cultura da cerejeira está a passar por dificuldades na Região Autónoma da Madeira. Além da falta de frio registada este ano, o principal problema […]

Nacional

SIMA 2018 espera elevado crescimento do setor da robótica – Suplemento Agrovida

Falamos de indústria 4.0, de robôts e de digitalização de processos e, afinal, como está a agricultura, em Portugal, na Europa e no mundo, […]