Tudo sobre o Queijo de Azeitão DOP

Tudo sobre o Queijo de Azeitão DOP

Para os amantes de queijos, o Queijo de Azeitão DOP é imperdível. Fique a conhecer este que é um dos mais conhecidos queijos portugueses, produzido na península de Setúbal.

Características do Queijo de Azeitão

O queijo de Azeitão DOP é produzido com leite de ovelhas que pastam na Península de Setúbal, mais precisamente nos concelhos de Palmela, Setúbal e Sesimbra. A utilização da flor de cardo na produção do queijo contribui para a sua acidez característica. Este queijo tem uma aparência uniforme e amarelada, sendo que a sua cura tem a duração de 20 dias. Para ser comercializado, é embalado em papel vegetal branco com um rótulo onde são colocadas as respetivas marcas de certificação.

Curiosidade sobre o Queijo de Azeitão

No século XIX, chegou a Azeitão, procedente das Beiras, um agricultor que levava consigo ovelhas leiteiras cujo leite produzia o queijo Serra da Estrela. Talvez por nostalgia à sua terra, manteve a tradição de produzir queijo todos os anos. Embora semelhante ao queijo Serra da Estrela DOP, as características da região de Azeitão tornam o queijo de Azeitão DOP único, com um sabor ligeiramente picante no final. Mais tarde, o filho do agricultor, com visão para o negócio, reduziu o formato do queijo, tornando-o mais vendável.

Harmonização com o Queijo de Azeitão

No caso dos vinhos, a harmonização ideal passa por contrastar a acidez do queijo com um vinho branco jovem e fresco. Com outros alimentos, combinar a pasta suave do queijo de Azeitão com a crocância de frutos secos e a frescura de fruta fresca é a solução perfeita.

Agora que conhece bem o queijo de Azeitão, só falta mesmo provar. Aproveite a nossa dica para harmonizar este queijo e deliciar-se na sua primeira prova. Partilhe o artigo por aqueles de quem mais gosta para que também descubram todo o sabor do Queijo de Azeitão DOP.

O artigo foi publicado originalmente em Magazine.Continente.

Comente este artigo
Anterior Agricultores revoltados com falta de apoio aos prejuízos do temporal de maio
Próximo APORMOR repudia intenção do Governo de criar uma Direção-Geral dependente do Ministério do Ambiente para a sanidade e bem-estar animal

Artigos relacionados

Sugeridas

Associação dos Agricultores e Pastores do Norte alerta para “dificuldades no escoamento da produção”

A Associação dos Agricultores e Pastores do Norte (APT) revelou que os produtores têm sentido problemas devido “à falta de escoamento da […]

Últimas

Em Silves há espaço e vontade para crescer num setor histórico para o município

Destacar e promover a citricultura que se faz no concelho são apenas dois dos propósitos da 3.ª Mostra Silves Capital da Laranja que decorre de 15 a 17 de fevereiro. […]

Nacional

A chuva caiu e o fogo em Miranda do Corvo está dominado

O incêndio florestal que deflagrou na sexta-feira em Miranda do Corvo, no distrito de Coimbra, foi dominado este sábado, pelas 17h00, […]