‘Tinder do gado’ quer ajudar produtores a encontrar o animal ideal

‘Tinder do gado’ quer ajudar produtores a encontrar o animal ideal

[Fonte: Vida Rural]

Chama-se Tudder e pretende ajudar os agricultores a encontrar o parceiro ideal para o seu bovino. A aplicação é inspirada no Tinder e permite aos seus utilizadores ‘arrastar’ para a direita, à semelhança da aplicação de encontros, sempre que o produtor gostar do animal e tiver interesse em comprá-lo.

De acordo com a imprensa internacional, por detrás da aplicação está a empresa britânica Hectare Agritech, que em 2014 lançou a plataforma SellMyLivestock. Ao Huffington Post, Doug Bairner, fundador da companhia, explica que “combinar gado online é ainda mais fácil que combinar humanos porque há uma enorme quantidade de informação por trás destes animais que permite prever como se vão dar uns com os outros”.

Depois de ‘arrastarem’ para a direita, uma ação que, à semelhança do Tinder, demonstra que o utilizador gostou do que viu, os agricultores são redirecionados para uma página do animal onde podem aceder a mais informações sobre o animal que viram para então decidirem se querem comprar ou não.

Comente este artigo

O artigo ‘Tinder do gado’ quer ajudar produtores a encontrar o animal ideal foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior BCP acorda com Fundo Europeu de Investimento emprestar 900 milhões a PME
Próximo CHEP recebe certificação Top Employer na Europa pelo segundo ano consecutivo

Artigos relacionados

Últimas

Dinheiro da UE está a ajudar a fixar novos investimentos na zona de Pedrógão

[Fonte: ECO – fundos comunitários]

Na sequência dos incêndios florestais que devastaram a zona de Pedrógão, […]

Notícias florestas

Limpeza de terrenos florestais tem de estar concluída até 31 de março

[Fonte: RR Renascença] A limpeza tem de ser feita numa faixa entre 10 e 50 metros, estendendo-se aos 100 perto de habitações e zonas industriais. […]

Últimas

CCDR de Lisboa e Vale do Tejo preocupada com diminuição da população “superior a 10%”

O presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) disse esta segunda-feira que o principal desafio da região é […]