The Navigator Company marca presença na FigueiraSea

The Navigator Company marca presença na FigueiraSea

[Fonte: Gazeta Rural]

A The Navigator Company estará presente de 25 e 28 de setembro, na FigueiraSea – Sustainable Expo Alliance, exposição cujo foco principal das suas atividades é o Mar e a Sustentabilidade.

Neste evento, a Navigator irá dar a conhecer o seu contributo para o desenvolvimento económico da região, assim como para partilhar o seu trabalho, experiência e reconhecimento na área da Sustentabilidade.

Para além disso, todos os visitantes terão a oportunidade de conhecer o Programa Navigator Tour, através do qual a empresa abre as portas das suas fábricas à Comunidade envolvente, para que possam conhecer o local onde é produzido o papel de escritório premium mais vendido a nível mundial. Só em 2019, e no âmbito deste Programa, já visitaram as 4 fábricas cerca de 4100 pessoas.

No próximo dia 12 de outubro, será realizada uma visita ao Complexo Industrial da The Navigator Company, na Figueira da Foz. Esta unidade é destinada à produção de pasta e papel para impressão e escrita não revestido, e é considerada como uma das maiores e mais eficientes unidades industriais da Europa. Para ser visitada é necessária a inscrição prévia no site www.navigatortour.pt.

Orientadas para a Comunidade envolvente, estas visitas têm como objetivo dar a conhecer a visão da empresa, os seus valores e o papel que cumpre no desenvolvimento da Economia nacional e regional, permitindo, ao mesmo tempo, que todos os visitantes tenham uma perceção mais real sobre o compromisso da The Navigator Company na preservação dos recursos naturais, transversais a toda a população.

Recorde-se que a exposição FigueiraSea é organizada pela ACIFF – Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, em parceria com a Câmara Municipal da Figueira da Foz, e será inaugurada no dia 25 de setembro, pelas 18 horas. Estará patente ao público até 28 de setembro, podendo ser visitada, todos os dias, entre as 15 e as 23 horas, na Praça do Forte da Figueira da Foz. A entrada é gratuita.

Sobre a The Navigator Company

A The Navigator Company é um produtor integrado de floresta, pasta e papel, tissue e energia, cuja atividade está alicerçada em fábricas modernas de grande escala, com tecnologia de ponta e que constituem uma referência de qualidade no setor. O modelo de negócio da Empresa desenvolve-se com base numa matéria-prima de excelência − o Eucalyptus globulus − cujas características intrínsecas permitiram desenvolver uma estratégia de diferenciação, baseada em produtos de elevada qualidade, que são hoje uma referência internacional neste setor.

A Empresa é a terceira maior exportadora portuguesa, representa aproximadamente 1% do PIB nacional e 2,4% das exportações nacionais de bens, sendo a que gera o maior Valor Acrescentado Nacional. Em 2018, a The Navigator Company teve um volume de negócios, de cerca de € 1,6 mil milhões, cerca de 91% dos produtos do Grupo são vendidos para fora de Portugal, e têm por destino aproximadamente 130 países.

Consolidada a sua posição de líder europeu na produção de papéis finos de impressão e escrita não revestidos (UWF) e sexto a nível mundial, a Companhia é também o maior produtor europeu, o quinto a nível mundial, de pasta branqueada de eucalipto BEKP – Bleached Eucalyptus Kraft Pulp. A empresa entrou no negócio do tissue e tem atualmente uma capacidade de produção de 65 mil toneladas de produto acabado por ano na fábrica de Vila Velha de Ródão e 55 mil toneladas na nova fábrica de Aveiro.

A The Navigator Company tem seguido com êxito uma estratégia de inovação e desenvolvimento de marcas próprias e de produtos premium, que se traduz numa quota de mercado na Europa Ocidental de 19% no UWF, de cerca de 54% no segmento premium e com um peso de 69% das marcas próprias nas suas vendas.

A Empresa tem mais de 110 000 hectares de floresta sob gestão e o maior viveiro certificado de plantas na Europa, com capacidade de produzir 12 milhões de plantas por ano. Com uma atividade florestal verticalmente integrada, o Grupo dispõe de um Instituto de Investigação Florestal próprio, referência mundial no melhoramento genético do Eucalyptus globulus. Gere em Portugal uma vasta área florestal, 100% certificada pelos sistemas internacionais FSC® (FSC C010852) e PEFC™ (PEFC/13-23-001). Dispõem de uma capacidade instalada de 1,6 milhões de toneladas de papel, de 1,6 milhões de toneladas de pasta (80% integradas em papel), 120 mil toneladas de tissue produto acabado, produzindo cerca de 2,5 Twh de eletricidade anualmente, sendo responsável por cerca de 4% da produção de energia de Portugal e de 52% da energia produzida a partir de biomassa.

No início de 2019, a The Navigator Company recebeu a classificação pelo Carbon Disclosure Project (CDP) de líder global no combate às alterações climáticas, alcançando um lugar de destaque na lista “A” desta organização. A Companhia foi reconhecida pela sua atuação, em 2018, na redução de emissões, diminuição dos riscos climáticos e desenvolvimento de uma economia de baixo impacto de carbono, sendo a única empresa portuguesa a obter a classificação máxima, integrando o lote das únicas cinco empresas a nível mundial do sector de pasta, papel e floresta que receberam esta distinção.

Comente este artigo

O artigo The Navigator Company marca presença na FigueiraSea foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Cafôfo quer combater desertificação dos concelhos do norte da Madeira
Próximo Eleições. Cristas aconselha ministro da Agricultura a "olhar para o país" antes de criticar CDS

Artigos relacionados

Últimas

II Jornadas Técnicas de Fruticultura INIAV / Asfertglobal

[Fonte: Voz do Campo]
As II Jornadas Técnicas de Fruticultura INIAV (Alcobaça) / Asfertglobal estão marcadas para o próximo dia 19 de junho, […]

Nacional

Vários milhares de hectares de plantações devastados por incêndios em França

[Fonte: SAPO 24]

Este é particularmente o caso da Normandia (noroeste), muito conhecida pelos seus campos verdes, […]

Últimas

Produtores de Leite protestam contra o anúncio da proibição de carne de vaca nas cantinas da Universidade de Coimbra

[Fonte: Gazeta Rural]

A APROLEP, Associação dos Produtores de Leite de Portugal, quer tornar público um veemente protesto perante o anúncio da proibição de carne de vaca nas cantinas da Universidade de Coimbra a partir de janeiro de 2020 e manifestar solidariedade a todos os criadores de bovinos em Portugal. […]