Seca: Agricultores do Baixo Alentejo reclamam medidas excecionais

A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) reclamou hoje medidas “extraordinárias e excecionais” do Governo para ajudar os agricultores a “mitigar os prejuízos causados” pela seca na região.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a federação diz que “as situações de seca extrema no Alentejo infelizmente são recorrentes e este ano não é exceção” e tem em consideração “o esforço do Ministério da Agricultura na tomada de algumas medidas para a mitigação dos efeitos da seca”.

No entanto, a FAABA reclama mais medidas e defende a necessidade de uma análise e de uma “aprovação célere” dos pedidos de apoios feitos por agricultores e de um “alargamento das despesas elegíveis”.

Continue a ler este artigo no Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Apdea debate agricultura e os desafios societais para o período 20-30
Próximo Prejuízos de meio milhão de euros em caminhos agrícolas na ilha Terceira

Artigos relacionados

Últimas

Comissão Nacional de Combate ao desperdício Alimentar no Dia da Alimentação

No Dia da Alimentação, 16 de outubro, a Comissão Nacional de Combate ao desperdício Alimentar esteve envolvida em várias iniciativas.
Em Alcobaça o IAPMEI promoveu mais um “Dia do Conhecimento”, […]

Nacional

Regime de apoio associado – Prémios animais

No âmbito do regime de apoio associado, já se encontra disponível, até ao dia 31 de dezembro de 2017, […]

Opinião

A importância das marcas e patentes no setor agrícola – Luís Caixinhas

Um dos fatores mais importantes para o crescimento do Sector Agrícola Português passa pelo desenvolvimento de marcas distintivas, de […]