Renovada aprovação das substâncias activas compostos de cobre

Renovada aprovação das substâncias activas compostos de cobre

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Foi renovada a «aprovação das substâncias activas compostos de cobre como candidatas a substituição», através da publicação do Regulamento de Execução (UE) 2018/1981 da Comissão de 13 de Dezembro de 2018. Segundo a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), esta renovação «é concedida por um período de sete anos, limitado a uma aplicação máxima de 28 kg/ha».

A DGAV refere ainda que «esta decisão permite alguma flexibilidade relativamente às quantidades máximas anuais, desde que no período dos sete anos não seja excedido o valor dos 28 kg/ha». Pode consultar o Regulamento aqui.




Comente este artigo

O artigo Renovada aprovação das substâncias activas compostos de cobre foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Debater o futuro da produção de plantas
Próximo Una pensión de incapacidad absoluta no es incompatible con la explotación de una finca

Artigos relacionados

Últimas

VITIS 2017-2018 – Ajustamento da dotação orçamental

Informa-se que foi publicado um novo aviso relativo à campanha VITIS 2017/2018.
Para mais informação poderá consultar a Portaria n.º 320/2016, alterada pela Portaria n.º 92-B/2017, bem como o 2º Aviso de Ajustamento da Dotação Orçamental.
Refere-se que será comunicada uma nova decisão tendo em consideração o reforço de dotação disponível, […]

Últimas

Incêndios: Ministro nega “falta de transparência” na aplicação de fundo europeu

[Fonte: SAPO 24]

Nelson de Souza foi chamado à Comissão dos Assuntos Europeus pelo PSD, que queria saber como e onde têm sido utilizados os 50,6 milhões de euros (ME) atribuídos através do Fundo de Solidariedade da União Europeia (FSUC) para ajudar na reconstrução pelos incêndios de junho e de outubro de 2017, […]

Últimas

Incêndios: Dos 18 mil que ocorreram nos últimos dois anos “só dois são de grande dimensão”, diz Governo

[Fonte: SAPO 24]

“Nós tivemos, nos últimos dois anos, em 2018 e nestes primeiros sete meses e alguns dias de 2019, cerca de 18 mil incêndios até hoje em Portugal”, disse Eduardo Cabrita, que falava aos jornalistas após a reunião semanal do Centro de Coordenação Operacional Nacional (CCON), […]