Relatório preliminar de estragos deve estar concluído no sábado

O relatório preliminar dos estragos provocados pelo incêndio de Pedrógão Grande em habitações, na floresta e terrenos agrícolas deverá estar concluído depois de amanhã, disse hoje o presidente da autarquia local.
“Vamos fazer um levantamento até sábado, para se criar um relatório preliminar, para depois elaborar para a semana, princípio da próxima semana, o relatório final”, afirmou Valdemar Alves.
Em declarações no final de uma reunião que decorreu ao longo da manhã e que juntou cerca de 40 pessoas, incluindo técnicos do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, agricultura, florestas, segurança social e autarquias, o autarca explicou que foram criados três grupos – um por cada um dos concelhos mais atingidos pelo incêndio (Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira da Pera) – que serão coordenados pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), por determinação do Governo.
Os grupos estão a trabalhar no levantamento dos estragos “para ver tudo o que aconteceu. Estragos nas casas de primeira habitação, segunda habitação, a parte da indústria, a parte florestal, a parte agrícola e as [necessidades das] pessoas, essencialmente”, frisou o autarca.
Valdemar Alves reafirmou que no seu concelho cerca de 95% da floresta e zona agrícola foi destruída pelo incêndio que eclodiu ao início da tarde de sábado e que foi dado como dominado na quarta-feira, provocando pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos.
“A destruição é total”, lamentou.

Comente este artigo
Anterior Caos, dizem os espanhóis. El Mundo profetiza fim da carreira política de António Costa
Próximo Pampilhosa e Góis indignados com exclusão do fundo de revitalização

Artigos relacionados

Últimas

IVV: Prorrogação do prazo de submissão das candidaturas à concessão de novas plantações de vinha

Informa-se que o Instituto da Vinha e do Vinho I.P., tendo em consideração as medidas propostas pelo Ministério da Agricultura para minimizar os impactos resultantes da situação provocada pela COVID-19 decidiu, […]

Últimas

Ministra da Agricultura quer que Bruxelas pague ajudas mais cedo

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, espera que a Comissão Europeia reconsidere e faça os pagamentos no verão. […]

Dossiers

La estabilidad se mantiene en el mercado del vacuno


Las cotizaciones de las canales de vacuno siguen con pocos cambios. El cierre de la restauración en varias comunidades está complicando las salidas de determinadas piezas, […]