Relatório preliminar de estragos deve estar concluído no sábado

O relatório preliminar dos estragos provocados pelo incêndio de Pedrógão Grande em habitações, na floresta e terrenos agrícolas deverá estar concluído depois de amanhã, disse hoje o presidente da autarquia local.
“Vamos fazer um levantamento até sábado, para se criar um relatório preliminar, para depois elaborar para a semana, princípio da próxima semana, o relatório final”, afirmou Valdemar Alves.
Em declarações no final de uma reunião que decorreu ao longo da manhã e que juntou cerca de 40 pessoas, incluindo técnicos do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, agricultura, florestas, segurança social e autarquias, o autarca explicou que foram criados três grupos – um por cada um dos concelhos mais atingidos pelo incêndio (Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira da Pera) – que serão coordenados pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), por determinação do Governo.
Os grupos estão a trabalhar no levantamento dos estragos “para ver tudo o que aconteceu. Estragos nas casas de primeira habitação, segunda habitação, a parte da indústria, a parte florestal, a parte agrícola e as [necessidades das] pessoas, essencialmente”, frisou o autarca.
Valdemar Alves reafirmou que no seu concelho cerca de 95% da floresta e zona agrícola foi destruída pelo incêndio que eclodiu ao início da tarde de sábado e que foi dado como dominado na quarta-feira, provocando pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos.
“A destruição é total”, lamentou.

Comente este artigo
Anterior Pedrógão Grande: Relatório preliminar de estragos deve estar concluído no sábado
Próximo Versement des aides Pac Avant son départ, Jacques Mézard a précisé un nouveau calendrier

Artigos relacionados

Últimas

Governo autoriza compra de cinco aeronaves militares KC-390 também para combater incêndios

Lisboa, 27 jul (Lusa) – O Governo autorizou hoje, por diploma, o início de negociações com a Embraer para comprar cinco aeronaves militares KC-390, […]

Nacional

Incêndios: Estado deve exercer “pedagogia do exemplo” com gestão florestal das matas nacionais, defende investigador

[Fonte: SAPO 24]

O Estado deve exercer a “pedagogia do exemplo”, com a gestão florestal das matas nacionais, […]

Últimas

Jungheinrich Portugal planta 200 árvores e promove a redução do CO2

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

A Jungheinrich Portugal levou a cabo, no final do ano, […]