Queimas e Queimadas: Melhoria da plataforma

Queimas e Queimadas: Melhoria da plataforma

No âmbito de um processo de melhoria contínua e no sentido de ultrapassar alguns constrangimentos que têm vindo a ser sentidos pelos utilizadores na utilização da plataforma das queimas e queimadas, foram desenvolvidos dois novos processos com o objetivo de melhorar os tempos de resposta da plataforma.

  1. O primeiro é a possibilidade de criação de registos sem a necessidade de aceder à área pessoal, libertando-se desta forma um conjunto significativo de recursos, passando a ser a seguinte a página de entrada na plataforma. (ver figura abaixo)
  2. O segundo consiste na disponibilização de uma aplicação para telemóveis, que torna o processo de criação de novas queimas de amontoados mais rápido, podendo ser instalada através do seguinte QRCode. (ver figura abaixo)

A estas alterações acrescem as melhorias implementadas no aumento de capacidade do sistema, nomeadamente através da afetação de um novo servidor e otimização do processamento da informação.

Com estas medidas foi já possível duplicar capacidade de registo nas horas de maior afluência, em que foram já ultrapassados os 10 500 registos diários.
Em 2020 foram já efetuados mais de 312 800 registos na plataforma das queimas e queimadas.

O ICNF, I.P. vai continuar a melhorar o processo para melhor servir o cidadão.

→ Plataforma Queimas e Queimadas ←

O artigo foi publicado originalmente em ICNF.

Comente este artigo
Anterior Fibrenamics da UMinho desenvolve soluções para preservação de alimentos frescos
Próximo 5 desafios do setor agroalimentar

Artigos relacionados

Comunicados

Haja bom senso!

A FENAPECUÁRIA (Federação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Produtores Pecuários) manifesta a sua profunda indignação e preocupação com as declarações do Sr. Reitor da Universidade de Coimbra […]

Últimas

Agricultura: Alentejo a vender como nunca

[Fonte: Tribuna Alentejo] Tudo o que se produz no Alentejo está a ser vendido a um ritmo impressionante! […]

LIVE

Live-stream: Produção de pinheiro-bravo na Austrália

O quarto Webinar do Ciclo Internacional, dedicado à presença do pinheiro-bravo na Austrália, está disponível. […]