GNR fiscaliza a limpeza dos terrenos © Miguel Pereira da Silva/Global Imagens Proprietários têm até ao final da semana para limpar terrenos

Proprietários têm até ao final da semana para limpar terrenos

Em Guimarães, limpeza das faixas de gestão de combustível em várias freguesias segue a bom ritmo.

As freguesias de Guimarães fazem parte da lista elaborada pelo governo das localidades consideradas prioritárias devido ao risco elevado de incêndio florestal e a cinco dias do final do prazo, a Câmara Municipal já limpou mais de 100 hectares de terreno, o que representa cerca de 50% dos espaços que precisam de intervenção.

Sérgio Rocha, presidente do conselho de administração da Vitros, a empresa municipal que trabalha na área de apoio à floresta em Guimarães, explica à TSF que mesmo com a pandemia de Covid-q9 nunca deixaram de trabalhar.

A limpeza das faixas de gestão de combustível em várias freguesias segue a bom ritmo, diz o responsável à TSF. O trabalho ainda vai a meio, mas os prazos vão ser cumpridos, garante.

Para evitar correr riscos, em Guimarães o Plano Municipal de Defesa da Floresta abrange áreas consideradas não prioritárias, explica ainda o presidente do conselho de administração da empresa municipal Vitros.

Perante o incumprimento dos proprietários do prazo para a limpeza de terrenos, que foi prorrogado até 31 de maio, as câmaras municipais têm de garantir até ao final de junho a realização de todos os trabalhos de gestão de combustível.

O não-cumprimento está sujeito a coimas que podem ir dos 280 aos 10 mil euros no caso de pessoas singulares e de 3 mil a 120 mil euros no caso de pessoas coletivas.

O artigo foi publicado originalmente em TSF.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 18 a 24 Maio 2020
Próximo A problemática das Espécies Exóticas Invasoras

Artigos relacionados

Últimas

Sector da cortiça debate futuro sustentável em “Encontros para a Competitividade” – 27 de janeiro – Santa Maria da Feira

“Encontros para a Competitividade” é o evento em destaque, dedicado ao futuro do sector da cortiça. Irá realizar-se na próxima segunda-feira, […]

Nacional

Arderam três mil hectares em Mação, o que sobrou de 2017 em risco de desaparecer

O vice-presidente da Câmara de Mação disse este sábado à Lusa que as chamas já consumiram três mil hectares de floresta e que está […]

Notícias PAC pós 2020

El futuro de la alimentación y de la agricultura (borrador), según la Comisión Europea

[Fonte: AGRONEGOCIOS ]
El próximo 29 de noviembre, la Comisión Europea debería aprobar una Comunicación que debería marcar la futura Política Agraria Común después del 2020. […]