Produção de laranjas na União Europeia

Produção de laranjas na União Europeia

Os Estados-Membros da União Europeia (UE) colheram 6,5 milhões de toneladas de laranjas em 2018, segundo os dados do Eurostat. Este foi o nível de produção mais alto desde 2010 e foi suportado pela colheita recorde em Espanha, cerca de 3,6 milhões de toneladas de laranjas, o que representa 56% do total da UE. Para Portugal, o Eurostat regista 17 mil hectares e 340 mil toneladas.

As exigências climáticas significam que a produção está limitada apenas a alguns Estados-Membros. Para além da Espanha, os outros principais países produtores foram a Itália (1,6 milhões de toneladas, ou 24% do total da UE) e a Grécia (0,9 milhões de toneladas, ou 14% do total da UE).

Em 2018, foram cultivados quase 274 mil hectares (ha) de laranjas, mais de metade desta área total foi cultivada em Espanha (140 000 ha). A Itália foi o país que teve maior área em termos de produção de laranjas (83 000 ha, 30% do total da UE), seguida pela Grécia (32 000 ha, 12% do total da UE).

A informação e a infografia foram originalmente publicadas no site da Comissão Europeia.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior ¿Cuáles son las peticiones de Andalucía para el nuevo Gobierno?
Próximo O que são produtos ‘priming’?

Artigos relacionados

Últimas

XII Feira Nacional do Mirtilo em Sever do Vouga de 27 a 30 de Junho

Começa amanhã, 27 de Junho, em Sever do Vouga, a 12.ª edição da Feira Nacional do Mirtilo. De periodicidade anual, este evento é promovido pela Câmara Municipal de Sever do Vouga. […]

Últimas

Governo aprova novo projecto de regadio

O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural aprovou um novo projeto de regadio integrado do Programa Nacional de Regadios (PNRegadios). […]

Nacional

Produção agrícola recuou 2,8% em 2016 na UE e 2,5% em Portugal

[Fonte: Expresso]
Em Portugal, a produção agrícola recuou 2,5% de 2015 para 2016, para um valor de 6,9 mil milhões de euros

A produção agrícola caiu 2,8% em 2016 na União Europeia, […]