Produção de laranja em Portugal atinge o nível mais elevado desde 1986

Produção de laranja em Portugal atinge o nível mais elevado desde 1986

A produção dos pomares de citrinos aumentou 8% em 2018 para 403 mil toneladas, com a produção de laranja a atingir o nível mais elevado em mais de 30 anos, segundo dados recentes, divulgados pelo INE.

De acordo com as Estatísticas Agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), os pomares de citrinos tiveram em 2018 uma produção de 403 mil toneladas (374 mil toneladas em 2017), o que representou 6,9% do volume total de produção (5,8% em 2017).“A entrada em produção de novos pomares contribuiu para este incremento, com a produção de laranja a atingir o nível mais elevado desde 1986”, sinaliza o INE. Numa campanha marcada pelas condições climatéricas desfavoráveis, a produção recorde de laranja e a produção de azeite superior a um milhão de hectolitros foram excepções no ano agrícola 2017/18.Em 2018, segundo o INE, foi produzido 1,1 milhões de hectolitros de azeite (abaixo dos 1,5 milhões de hectolitros em 2017), mas de acordo com o instituto, não obstante o decréscimo verificado face à campanha precedente, a ocorrência de duas campanhas consecutivas com produções acima de um milhão de hectolitros “é uma situação pouco comum”. Analisando os cem anos de dados estatísticos, esta ocorrência apenas se tinha verificado nos anos de 1956 e 1957, sinaliza.A campanha agrícola 2017/2018 foi marcada pelo decréscimo das principais superfícies agrícolas cultivadas com culturas temporárias e por quebras generalizadas das produções, saldou-se por um crescimento nominal da produção do ramo agrícola, consequência de um aumento de 2,1% dos preços base. Ao longo da campanha agrícola em análise assistiu-se a um aumento da procura interna de diversos produtos agrícolas o que teve reflexos ao nível do grau de auto-aprovisionamento.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Políticas de alimentação e estratégias de marketing dão prémio a investigadora
Próximo Eliminar todos os vestígios de produtos químicos das frutas, legumes e cereais

Artigos relacionados

Últimas

Ajudar a não parar | Setor agroalimentar e os desafios dos novos tempos

Este webinar da Abreu Advogados realizou-se no dia 12 de Maio, às 11h, e terá como tema “Ajudar a não parar | Setor agroalimentar e os desafios dos […]

Internacional

“Impasse” en la PAC, presupuesto y Brexit: La nevera es la prioridad en la UE ante los efectos de la pandemia

El coronavirus ha aparcado el calendario de negociaciones cruciales como el presupuesto comunitario, la Política Agrícola Común (PAC) o el acuerdo post Brexit, […]

Dossiers

Porque é que Portugal continua a arder assim? 7 respostas de especialistas

[Fonte: Observador] Floresta muito densa, falta de limpeza, despovoação, temperaturas altas e penas pouco dissuasoras. Porque é que Portugal continua a arder assim? […]