População de lince ibérico no Vale do Guadiana tem 10 novas crias

População de lince ibérico no Vale do Guadiana tem 10 novas crias

As previsões, segundo o Ministério, apontam para cerca de 30 nascimentos em 2019

A população de lince-ibérico no vale do Guadiana tem mais 10 crias confirmadas, informou esta terça-feira o Ministério do Ambiente em comunicado, no qual se estima que 12 fêmeas possam ter-se reproduzido este ano. A confirmação das 10 novas crias foi feita por técnicos do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), que se concentram agora, no campo, em detectar novas crias.

Até agora foram encontradas 10 crias de três fêmeas, todas aparentando boas condições físicas e que devem ter cerca de dois meses, refere o comunicado. Das 10 crias, duas são de Lagunilla, uma fêmea libertada em 2015, originária do centro de reprodução da Granadilla, em Espanha. Tem cinco anos e esta é a sua quarta criação.

Nairóbi, uma fêmea selvagem com três anos que migrou da população de Doñana em 2017, teve a sua primeira ninhada com três crias. Já Lluvia, uma fêmea de cinco anos solta em 2015 e também oriunda do centro da Granadilla, foi filmada com a sua segunda ninhada composta por cinco crias.

“O facto de todos os pequenos linces estarem vivos aos dois meses de idade e já se encontrarem a acompanhar as mães reflecte a grande qualidade da zona de reintrodução, especialmente no que diz respeito à abundância de presas, mas também da grande capacidade demonstrada pela mãe para cuidar da sua prole”, diz-se no comunicado.

As previsões, segundo o Ministério, apontam para cerca de 30 nascimentos em 2019, “um ligeiro aumento” relativamente a 2018.

Continue a ler este artigo no Público.

Comente este artigo
Anterior Governo envolve municípios no combate à má qualidade do ar
Próximo Candidaturas à PAC até maio já ultrapassam total de 2018

Artigos relacionados

Últimas

Oferta de emprego – Engenheiro Agrónomo – Lisboa

A empresa GreatFlower, Lda. procura um Engenheiro Agrónomo (m/f) residente em Lisboa. Funções a […]

Nacional

Açores quer certificação oficial e rótulo facultativo para leite de pastagem

O secretário Regional da Agricultura e Florestas defendeu que o processo de certificação do leite de pastagem nos Açores tenha requisitos mínimos comuns a todos os operadores e seja garantido por uma entidade oficial, […]

Últimas

Estabilidad en el mercado de las canales de vacuno

Las canales de vacuno tampoco registraron cambios esta semana, aunque fuentes del sector señalan que se observa un aumento de la demanda interna de las piezas nobles por la reapertura de la restauración que poco a poco va recuperándose. […]