ORTIVA TOP- fungicida Syngenta autorizado em olival e arroz

ORTIVA TOP- fungicida Syngenta autorizado em olival e arroz

10 de Agosto de 2018

O fungicida ORTIVA TOP da Syngenta obtém extensão de autorização para uso no controlo do olho de pavão em olival (azeitona de mesa e produção de azeite), da piriculariose e da helmintosporiose na cultura do arroz.

A extensão de autorização do ORTIVA TOP, concedida pela Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGVA), em final de Julho, abrange ainda o uso deste fungicida para controlo do oídio em framboesa (ar livre e estufa), controlo da alternaria em couves de folhas e couve-flor e para controlo da septoriose em salsa (ar livre).

O ORTIVA TOP é um fungicida sistémico, constituído por duas substâncias ativas: a azoxistrobina (Qol) e o difenoconazol (DMI). A azoxistrobina inibe a respiração mitocondrial dos fungos e possui atividade essencialmente preventiva, anti-esporulante e alguma atividade curativa. O difenoconazol é o inibidor da biossíntese dos esteróis na demetilação, com atividade preventiva e curativa.

Comente este artigo
Anterior The Rice Open Field Day celebrates 25 years supporting the sector
Próximo SIMA 2018 espera elevado crescimento do setor da robótica - Suplemento Agrovida

Artigos relacionados

Sugeridas

Kubota lança nova Série B1

A gama de tratores compactos da Kubota foi renovada e atualizada para cumprir com as últimas exigências sobre segurança do operador. A nova nomenclatura dos modelos adapta-se à iniciada com a série M7001.
Na sequência da entrada em vigor do Regulamento 2013/167, sobre segurança do operador, […]

Últimas

Reembolso da disciplina financeira – campanha 2015

[Fonte: IFAP]
De acordo com o princípio da Disciplina Financeira, referido no artigo 8.º do Regulamento (CE) n.º 1307/2013 (aplicável à campanha 2015), os montantes destinados a financiar as despesas relacionadas com o mercado e os pagamentos diretos da Política Agrícola Comum (PAC) devem respeitar os limites máximos anuais fixados por Decisão dos representantes dos Governos dos Estados-Membros. […]

Comunicados

Governo abre mercado do Camboja à exportação de carne de suíno

Os operadores nacionais já podem exportar carne fresca de suíno e produtos cárneos de suíno para o Camboja. As empresas podem a partir de agora contactar as Direções de Serviços de Alimentação e Veterinária da sua Região (DSAVR) ou os serviços competentes das Regiões Autónomas (RA), […]