Navigator recupera vegetação autóctone com espécie rara de carvalho

A The Navigator Company levou a cabo uma ação de recuperação da vegetação autóctone na sua propriedade de “Águas Alves”, em Monchique, tendo plantado para o efeito 50 novos Carvalhos-de-Monchique (Quercus canariensis), uma espécie muito rara e ameaçada que conta apenas com cerca de 300 árvores no território nacional.

Inserida no âmbito da estratégia de conservação da biodiversidade da empresa, esta ação contou com o apoio do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO), no diagnóstico da vegetação encontrada baseado em requisitos ecológicos e em estudos biogeográficos sobre os carvalhais do sudoeste de país. Contou também com a colaboração do Jardim Botânico do Porto – Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), que que cedeu as bolotas originárias da zona de Monchique para a reprodução de 50 novas plantas.

Desde 2016 que a The Navigator Company tem vindo a realizar várias ações nesta propriedade florestal, contribuindo assim para a melhoria do estado de conservação dos habitats naturais e da vegetação autóctone. A nova plantação e sementeira de Carvalhos-de-Monchique vem contribuir para o fortalecimento e preservação da espécie, que tem no sudoeste do país, região que acolhe uma das suas quatro populações ibéricas, reunidas as condições ecológicas favoráveis ao seu crescimento e manutenção.

Carvalho Monchique

Com sementes obtidas a partir de uma das populações mais bem conservadas desta espécie, os 50 novos Carvalhos-de-Monchique permitirão aumentar o efectivo da espécie nesta zona do país, onde esta já se encontra presente, especificamente na propriedade “Águas Alves” da The Navigator Company.

A evolução do projecto de recuperação deste futuro carvalhal será acompanhada ao longo do tempo, continuando a ser recolhidas bolotas desta espécie para germinação nos viveiros da empresa. Os exemplares produzidos poderão, no futuro, ser utilizados na operacionalização de planos de reflorestação e preservação do património genético desta espécie rara de carvalho.

A The Navigator Company tem, em Portugal Continental, cerca de 110 000 hectares de floresta sob sua gestão, que se encontram certificados pelos sistemas internacionais FSC® (FSC®-C010852) e PEFC™ (PEFC/13-23-001). Desta forma, a empresa é capaz de contribuir diretamente para a proteção de um total de 235 espécies de fauna e cerca de 740 espécies de flora existentes nas suas florestas.

Comente este artigo
Anterior Vitacress relança Salada Oásis
Próximo Empresa romena procura fornecedores de madeira laminada de carvalho e abeto

Artigos relacionados

Nacional

Seca no Tejo. Portugal deve renegociar com Espanha em vez de construir novas barragens

O investigador Adriano Bordalo e Sá, do Instituto Abel Salazar, considera que a construção de novas barragens como solução para a seca é […]

Últimas

Primeira versão do Green Deal de Von der Leyen alvo de críticas

Ainda é só uma primeira versão, um “documento interno” que deverá ser ainda bastante alterado antes do resultado final, mas o Pacto Ecológico Verde (Green Deal) que a comissão de Ursula von der Leyen quer ter pronta até […]

Nacional

Governo abre concurso para contratar mais 200 sapadores florestais

[Fonte: O Jornal Económico]

O Governo anunciou hoje, dia 5 de agosto, que abriu o concursos para a criação de 40 novas equipas de sapadores florestais, […]