Navigator recupera vegetação autóctone com espécie rara de carvalho

A The Navigator Company levou a cabo uma ação de recuperação da vegetação autóctone na sua propriedade de “Águas Alves”, em Monchique, tendo plantado para o efeito 50 novos Carvalhos-de-Monchique (Quercus canariensis), uma espécie muito rara e ameaçada que conta apenas com cerca de 300 árvores no território nacional.

Inserida no âmbito da estratégia de conservação da biodiversidade da empresa, esta ação contou com o apoio do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO), no diagnóstico da vegetação encontrada baseado em requisitos ecológicos e em estudos biogeográficos sobre os carvalhais do sudoeste de país. Contou também com a colaboração do Jardim Botânico do Porto – Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), que que cedeu as bolotas originárias da zona de Monchique para a reprodução de 50 novas plantas.

Desde 2016 que a The Navigator Company tem vindo a realizar várias ações nesta propriedade florestal, contribuindo assim para a melhoria do estado de conservação dos habitats naturais e da vegetação autóctone. A nova plantação e sementeira de Carvalhos-de-Monchique vem contribuir para o fortalecimento e preservação da espécie, que tem no sudoeste do país, região que acolhe uma das suas quatro populações ibéricas, reunidas as condições ecológicas favoráveis ao seu crescimento e manutenção.

Carvalho Monchique

Com sementes obtidas a partir de uma das populações mais bem conservadas desta espécie, os 50 novos Carvalhos-de-Monchique permitirão aumentar o efectivo da espécie nesta zona do país, onde esta já se encontra presente, especificamente na propriedade “Águas Alves” da The Navigator Company.

A evolução do projecto de recuperação deste futuro carvalhal será acompanhada ao longo do tempo, continuando a ser recolhidas bolotas desta espécie para germinação nos viveiros da empresa. Os exemplares produzidos poderão, no futuro, ser utilizados na operacionalização de planos de reflorestação e preservação do património genético desta espécie rara de carvalho.

A The Navigator Company tem, em Portugal Continental, cerca de 110 000 hectares de floresta sob sua gestão, que se encontram certificados pelos sistemas internacionais FSC® (FSC®-C010852) e PEFC™ (PEFC/13-23-001). Desta forma, a empresa é capaz de contribuir diretamente para a proteção de um total de 235 espécies de fauna e cerca de 740 espécies de flora existentes nas suas florestas.

Comente este artigo
Anterior Vitacress relança Salada Oásis
Próximo Empresa romena procura fornecedores de madeira laminada de carvalho e abeto

Artigos relacionados

Últimas

Maize, sorghum and rye import duties updated by the European Commission

In light of an ample supply and low prices for maize worldwide, the automatic mechanism calculating import duties was triggered, setting as of today import duty on maize, […]

Sugeridas

A azeitona paga ao produtor a pouco mais de 25 cêntimos

O preço da azeitona, na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, situa-se entre os 25 a 30 cêntimos o quilo, segundo garante o presidente da Associação dos Produtores em Proteção Integrada daquela região. […]

Blogs

Academia 2020 do Centro de Frutologia Compal aposta no reforço das competências digitais dos empresários frutícolas

No final da formação, aos 3 empresários com os melhores projetos submetidos, serão atribuídas bolsas de instalação no valor de 60.000€. […]