“Não vai ser preciso abater vacas para reduzir as emissões de CO2”

“Não vai ser preciso abater vacas para reduzir as emissões de CO2”

José Romão Braz, presidente da Direção da Associação Portuguesa dos Industriais dos Alimentos Compostos para Animais (IACA)

Para algumas organizações e ativistas, parece que a agricultura e o agroalimentar são os principais responsáveis pelas emissões, quando na realidade o maior impacto continua fora do setor agrícola. E quando consideramos a atividade agrícola e pecuária, os bovinos têm estado sob pressão, mas não vai ser preciso abater vacas para reduzir as emissões de CO2 como todos reconhecemos. Com uma alimentação de precisão, com novas tecnologias que já existem no mercado iremos atingir os resultados e as metas, sem empobrecermos o País nos seus recursos e continuar a produzir carne e leite, melhorando os níveis de autoaprovisionamento.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Portugal em risco elevado de escassez de àgua
Próximo “A Coopval é responsável por mais de 20% da produção nacional de pera Rocha”

Artigos relacionados

Últimas

Agroalimentar nos países da CPLP discute-se na próxima semana

É já nos dias 26, 27 e 28 de outubro que se realiza a 1ª edição do Agrofórum CPLP, uma iniciativa da Câmara Agrícola Lusófona (CAL) cujo mote será ‘A dinamização do agronegócio na CPLP’. […]

Últimas

OE2020: Governo quer reduzir de 50 para 5 milhões de euros valor da linha de crédito para limpeza da floresta

O Governo quer reduzir de 50 milhões para 5 milhões de euros o montante total da linha de crédito para subvenções reembolsáveis aos municípios para limpeza da floresta, […]

Nacional

Há 25 concelhos de seis distritos em risco máximo de incêndio

Mais de duas dezenas de concelhos dos distritos de Portalegre, Castelo Branco, Santarém, Coimbra, Viseu e Bragança apresentam nesta quarta-feira um risco máximo de incêndio,  […]