Madeira: sindicato acusa Governo de deturpar a realidade sobre carreira dos vigilantes da natureza

Madeira: sindicato acusa Governo de deturpar a realidade sobre carreira dos vigilantes da natureza

O sindicato afirma que “dizer que um vigilante da natureza ganha, no topo da carreira, o mesmo que um professor universitário recém doutorado é só desonestidade intelectual e revelador do sectarismo existente contra a carreira destes trabalhadores”, e acusa o Governo Regional de não querer valorizar a carreira dos vigilantes da natureza.

O Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas (STFPSSRA) acusa a secretária regional do Ambiente, Susana Prada, de deturpar a realidade e de faltar à verdade sobre a carreira dos vigilantes da natureza. A estrutura sindical diz ainda que o executivo madeirense não quer valorizar a carreira destes profissionais.

“Dizer que um vigilante da natureza ganha, no topo da carreira, o mesmo que um professor universitário recém doutorado é só desonestidade intelectual e revelador do sectarismo existente contra a carreira destes trabalhadores. Na região, não há Vigilantes no topo da carreira. E têm milhares de horas de trabalho ao sol e à chuva, milhares de dias de trabalho passados nas ilhas, muitos deles sem conseguirem voltar a casa por causa do mau tempo ou falta de condições de navegação”, diz o sindicato.

O sindicato diz que “não é falso” quando afirma que um vigilante

Continue a ler este artigo no Jornal Económico.

Comente este artigo
Anterior 2020 entre os 5 mais quentes dos últimos 90 anos
Próximo Valorfito aumenta níveis de recolha em 2020: Sistema elogia o sector agrícola

Artigos relacionados

Nacional

PCP questiona ministra da Agricultura sobre trabalhadores migrantes em Torres Vedras

O PCP questionou no parlamento a ministra da Agricultura sobre as condições em que vivem trabalhadores migrantes em Torres Vedras, onde o município detetou pessoas a viver em espaços […]

Últimas

Festival “Sabores do Borrego” em Castro Verde

Facebook
Twitter
Google+
Pinterest
WhatsApp


O Festival “Sabores do Borrego” é um dos grandes momentos do ano. A iniciativa pretende valorizar e afirmar a agricultura e a pecuária do concelho e promover um dos produtos mais emblemáticos da região do Campo Branco – […]

Nacional

​Fundo de apoio às vítimas dos incêndios revelou “vários défices de transparência” e controlo

Uma auditoria do Tribunal de Contas (TdC) detetou “vários défices de transparência” no Fundo REVITA, de apoio às vítimas dos incêndios de junho de 2017 nos concelhos de Castanheira de Pera, […]