2020 entre os 5 mais quentes dos últimos 90 anos

2020 entre os 5 mais quentes dos últimos 90 anos

O ano de 2020 foi o mais quente a nível global e na Europa e o 4º mais quente dos últimos 90 anos em Portugal continental.

De acordo com o Copernicus Climate Change Service (C3S) 2020 foi o ano mais quente a nível global, igualando 2016, e na Europa:
• Globalmente, 2020 e 2016 foram os anos mais quentes;
• O ano 2020 teve uma anomalia de + 0.6 °C em relação à normal 1981-2010 e cerca de +1.25 °C em relação ao período pré-industrial 1850-1900, no respeita à temperatura do ar média anual;
• Últimos 6 anos os mais quentes desde que há registos: 2020, 2016, 2019, 2015, 2017, 2018;
• Na Europa, em relação à temperatura do ar média anual, verificou-se uma anomalia de + 1.6°C em relação à normal 1981-2010 e + 0.4°C em relação a 2019 (o anterior ano mais quente);
• Os maiores desvios da temperatura do ar média anual, em relação ao período 1981-2010, verificaram-se no Ártico e no Norte da Sibéria, com anomalias de + 6.0 °C (Figura 1).
• A década 2011-2020 foi a mais quente no Globo desde que há registos, com os 6 anos mais quentes a ocorrerem todos desde 2015.

Em Portugal continental o ano de 2020 classificou-se como muito quente e seco (Figura 2).
Foi o 4º ano mais quente dos últimos 90 anos em Portugal continental:
• 1997: temperatura média, 16.57 °C, + 1.31 °C/normal 1971-2000
• 2017: temperatura média, 16.33 °C, + 1.07 °C/normal 1971-2000
• 1995: temperatura média, 16.25 °C, + 0.99 °C/normal 1971-2000
• 2020: temperatura média, 16.22 °C, + 0.96 °C/normal 1971-2000

A última década, 2011-2020, é a mais quente desde 1931 em Portugal continental, ultrapassando o anterior maior valor que se verificou na década 1991-2000.

O valor médio anual da média da temperatura máxima do ar em 2020, 21.95 °C, foi o 2º mais alto desde 1931, enquanto o valor médio anual da média da temperatura mínima do ar, 10.49 °C foi 4º valor mais alto dos últimos 20 anos.

Em relação à precipitação no ano de 2020 verificou-se um valor total anual de 746.8 mm que corresponde a cerca de 85 % do valor normal.

A década 2011-2020 é a segunda mais seca em Portugal continental, desde 1931, com uma diferença de apenas 5 mm em relação à década mais seca, 2001-2010

O artigo foi publicado originalmente em IPMA.

Veja a previsão do tempo e a melhor altura para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta.

Comente este artigo
Anterior Preço do leite nos Açores é o mais baixo da Europa
Próximo Madeira: sindicato acusa Governo de deturpar a realidade sobre carreira dos vigilantes da natureza

Artigos relacionados

LIVE

Live-stream: Ciclo de Conferências Vida Rural – Intensificação sustentável

Como tornar uma exploração mais sustentável sem perder competitividade e rentabilidade: por onde começar? Que ferramentas tecnológicas existem? Quais são os melhores exemplos e modelos de gestão? […]

Blogs

O mistério das sementes da China – o que sabemos até agora?

1.Partilhei hoje um ALERTA do Ministério da Agricultura sobre “o envio, por via postal, de pequenos pacotes de sementes, não solicitados, […]

Nacional

Incêndios: Alto Minho e Galiza formam técnicos em uso do fogo técnico para combate

Em comunicado, a estrutura, que integra os dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, adiantou que a iniciativa, que totalizará […]