João Ponte: novo Matadouro do Faial potencia criação de valor na fileira da carne

[Fonte: Agricultura e Mar]

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, 26 de Junho, na Horta, que os indicadores do sector da carne dão bem nota de que o investimento do Governo dos Açores na construção do novo Matadouro do Faial está a potenciar a criação de valor na fileira da carne.

“De Janeiro a maio deste ano, os abates de bovinos nos Açores cresceram 4,5%, enquanto na ilha do Faial esse crescimento foi de 12%, comparativamente com o período homologo do ano passado”, referiu João Ponte, acrescentando que, em termos de expedição de carcaças para fora dos Açores se registou um aumento de 19% no todo regional e de 29% só na ilha do Faial.

Evolução “muito positiva”

João Ponte, que falava à margem de uma reunião com a Direcção da Associação de Agricultores da Ilha do Faial, no âmbito da visita do Governo a esta ilha, considerou que esta evolução “muito positiva” comprova que o investimento no novo matadouro é importante e está a contribuir para o reforço da competitividade do sector da carne na ilha do Faial, pois criou “novas capacidades e novas condições de excelência” para que os produtores consigam aumentar os seus rendimentos.

Sala de desmancha concessionada

O secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou ainda que, dentro de sensivelmente um mês, será concessionada a um operador privado de fora da Região a sala de desmancha do Matadouro do Faial, proporcionando, assim, mais uma oportunidade para se diminuir o número de animais expedidos com vida para fora do arquipélago, deixando na ilha mais valias do ponto de vista do rendimento dos produtores, da valorização do produto, da criação de emprego e de mais riqueza.

O governante salientou que é preciso continuar a fazer mais e melhor pelo sector da carne para ultrapassar importantes desafios, destacando, desde logo, o reforço da ação da Centro de Estratégia Regional para a Carne dos Açores (CERCA), no sentido de se tomarem medidas, em conjunto com os diversos parceiros, para valorizar mais a carne dos Açores.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo João Ponte: novo Matadouro do Faial potencia criação de valor na fileira da carne foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior Grandes empresas ajudam a divulgar mudanças de comportamentos de risco dos incêndios rurais
Próximo Uma verdadeira política de proteção do ambiente

Artigos relacionados

Últimas

Quinta da Lagoalva é a ‘Empresa Agrícola que marca’

[Fonte: Vida Rural]

É uma das mais tradicionais casas agrícolas ribatejanas, mas o tradicional fica-se pela história. A Quinta da Lagoalva venceu a categoria ‘Empresa Agrícola que marca’, uma empresa agrícola onde a inovação é a palavra de ordem.
Pioneira na introdução de pivots de rega em Portugal e da utilização de sondas, […]

Últimas

Fungo que ameaça bananas chega à Colômbia: Governo decreta emergência nacional

[Fonte: Público]

Variedade Cavendish, que representa 99% do mercado mundial deste fruto, é ameaçada pela estirpe mais agressiva de um fungo

“Se o mal-do-panamá alastrar para a América Latina, poderá exterminar a Cavendish num prazo de dez anos” — a notícia da autoria de David Grimm​, […]

Últimas

ONU. Aquecimento global poderá custar 80 milhões de empregos até 2030

[Fonte: Expresso]

O aquecimento global e o respetivo impacto nos níveis de produtividade em diversos sectores da atividade económica, como a agricultura ou a indústria, poderá levar à perda de 80 milhões de empregos até 2030, alertou a ONU.
Num relatório esta segunda-feira divulgado, […]