IX Jornadas de Alimentação Animal IACA  apostam na medição do impacto ambiental dos alimentos

IX Jornadas de Alimentação Animal IACA apostam na medição do impacto ambiental dos alimentos

IX Jornadas de Alimentação Animal IACA – 5ª feira, 17 de setembro, 14h30

Soluções em Nutrição Animal para reduzir o impacto ambiental da produção pecuária e promover a saúde e o bem-estar animal 

As IX Jornadas de Alimentação Animal SPMA/IACA apostam na medição do impacto ambiental dos alimentos, na divulgação de estratégias de alimentação inovadoras para aumentar a eficiência alimentar, reduzir os GEE e melhorar a saúde e o bem-estar animal.

A diminuição dos níveis de proteína bruta utilizados em alimentos para animais, conjugada com um melhor conhecimento das suas necessidades e a utilização de aminoácidos industriais, é uma das soluções nutricionais que permitem aumentar a eficiência alimentar, contribuindo positivamente para o ambiente. Este é um dos temas a apresentar nas “IX Jornadas de Alimentação Animal IACA” que se realizam na próxima quinta-feira, dia 17 de setembro, entre as 14h30 e as 16h30, no webinar promovido pela Associação Portuguesa dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais (IACA). Este encontro dos profissionais do setor abre um ciclo de debates dedicado à recente apresentação da estratégia comunitária para o setor alimentar “Do Prado ao Prato” e centra-se no papel da nutrição animal como parte da solução que garante a saúde e bem-estar animal, bem como a preservação do ambiente, enquanto mantém a sustentabilidade da Fileira e a disponibilização de carne, peixe, leite e ovos aos consumidores.

Uma alimentação de precisão, adaptada às reais necessidades dos animais, é uma das apostas do setor da Alimentação Animal para reduzir o impacto da produção animal, objetivo que se integra num conjunto de quatro intervenções de peritos internacionais que irão apresentar soluções para a redução da emissão de Gases com Efeito Estufa (GEE), parâmetros para os nutricionistas medirem a pegada ambiental das matérias-primas e alimentos formulados e a contribuição para a sustentabilidade de ingredientes como a soja americana, produzida com responsabilidade ambiental. Será, também, apresentada uma nova ferramenta para controlar os efeitos de substâncias nocivas como as micotoxinas na saúde e no bem-estar animal.

As questões relativas à sustentabilidade têm vindo a ser os temas centrais de diversas iniciativas da IACA desde 2016. Assumindo-se como parte da solução, o setor abre, a 17 de setembro, um ciclo de reflexões dedicado aos principais objetivos e metas da Estratégia “Do Prado ao Prato”, ciclo este que se junta a ações como a criação do FeedInov, o Laboratório Colaborativo para o estudo de estratégias de alimentação inovadoras para uma produção animal sustentável, e a implementação do projeto SANA – Segurança Alimentar e Sustentabilidade da Alimentação Animal na Região do Alentejo -, através do qual a IACA vai identificar e caracterizar matérias-primas alternativas e sustentáveis para a alimentação animal, nomeadamente de proteaginosas como a fava, o tremoço, o grão de bico e a ervilha em variantes não adequadas ao consumo humano.

Segundo Jaime Piçarra, Secretário-geral da IACA «todas estas iniciativas, assim como outras que anunciaremos em breve, estão integradas na nossa visão estratégica para o setor até 2030. É uma visão estruturada na qual temos vindo a trabalhar e que vai ao encontro das principais orientações da “Agenda da Inovação para a Agricultura” anunciada há dias pelo Ministério da Agricultura e referida pelo Primeiro-Ministro, António Costa, como decisiva para o desenvolvimento do país.»  O Secretário-geral da IACA acrescenta, ainda, «só faz sentido termos um equilíbrio entre competitividade e sustentabilidade, com inovação, tecnologia e desenvolvimento e uma parceria entre as empresas, a investigação e as universidades, que é consubstanciada, por exemplo, no nosso projeto FeedInov.»

IX Jornadas de Alimentação Animal – “DO PRADO AO PRATO”: O papel da Alimentação Animal – 17 de setembro

Comente este artigo
Anterior Live-stream: Inovação no Desenvolvimento Rural
Próximo Clube de Produtores do Continente premeia Inovação

Artigos relacionados

Nacional

Universidade de Évora apresenta Centro Ibérico de Investigação “para jogar por antecipação” no combate aos incêndios florestais

[Fonte: Rádio Campanário] Decorreu esta segunda-feira (1 de julho) em Évora, a apresentação do projeto ‘Centro Ibérico de Investigação e Combate aos Incêndios Florestais’ (CILIFO), […]

Comunicados

InovMilho promove encontro nacional de alunos!

A Inovação constitui, reconhecidamente, um dos principais desafios da agricultura portuguesa, revelando-se fundamental criarem-se sinergias entre o meio científico-académico […]

Últimas

Navigator presente no maior salão internacional agroalimentar – SISAB Portugal

A The Navigator Company irá estar presente de 2 a 4 de março, no SISAB Portugal, o maior salão internacional da indústria agroalimentar e de […]