Informação projecto H2020 IoF2020

Informação projecto H2020 IoF2020

A Internet das Coisas cada vez mais próxima da sua mesa

O  projeto Internet of Food & Farm 2020 (IoF2020, www.iof2020.eu) investiga e promove a implementação em grande escala da Internet das Coisas (IoT) no sector agrícola e alimentar Europeu. Com um orçamento de 34.7 milhões de euros, cofinanciados pelo União Europeia, o projeto visa impulsionar uma mudança de paradigma neste domínio, melhorando drasticamente a produtividade e a sustentabilidade. O projeto demonstrará o valor acrescentado de redes digitais inteligentes de objetos, com noção de contexto e que podem ser identificados, detetados e controlados remotamente no setor agroalimentar. O projeto teve inicio em Janeiro de 2017 e terá uma duração de quatro anos.

IoF2020: 5 ensaios piloto, 19 casos de estudo

 A Internet das Coisas (IoT) tem o potencial de criar uma verdadeira mudança na agricultura. Iniciativas recentes mostraram o interesse do setor em aproveitar as oportunidades oferecidas pelas tecnologias de informação e comunicação, redes e tecnologias orientadas aos dados. No entanto, as aplicações disponíveis atualmente são incompletas e são principalmente utilizadas por um pequeno grupo de pioneiros.O projeto IoF2020 irá fornecer soluções e facilitar a adoção em larga escala da IoT, abordando os desafios organizacionais e tecnológicos que o sector agrícola e alimentar europeu enfrenta atualmente. A IoT pode, por exemplo, ser utilizada para melhorar a qualidade da carne na EU também minimizando as possibilidades de fraude através do aumentando da transparência e rastreabilidade. Outro exemplo: no total, o sector vitivinícola da UE tem a maior percentagem das receitas agrícolas da EU; para acompanhar a concorrência internacional, tanto na viticultura convencional como orgânica, as tecnologias IoT podem ser utilizadas para obter maior qualidade e sustentabilidade ambiental, juntamente com a diminuição dos custos de produção. Através de 19 casos de uso espalhados por toda a Europa, o projeto oferece soluções para 5 áreas agroalimentares: lavoura, laticínios, carne, hortícolas e fruta, levando em conta as suas próprias necessidades, desafios e obstáculos.

Uma abordagem iterativa envolvendo as múltiplas partes interessadas, com os utilizadores finais em mente

O projeto IoF2020 envolve todas as partes interessadas na cadeia alimentar: agricultores, cooperativas, fornecedores de equipamentos e logística, empresas de processamento de alimentos, representantes dos consumidores, e inclui fazedores de Tecnologias de Informação e Comunicação (software e hardware).

O projeto desenvolverá soluções IoT inovadoras, promovendo a cocriação em ciclos de melhoria iterativa com foco na aceitação do utilizador e modelos de negócios para aumentar o nível de adequação tecnológico e de mercado. Os utilizadores finais, no centro do modelo IoF2020, participarão na avaliação e aperfeiçoamento das tecnologias em questão, assegurando que cumprem os requisitos e as expectativas do sector.

Forte enfoque na comunicação e no envolvimento das partes interessadas

O IoF2020 aspira criar um ecossistema para a aplicação de longo prazo das tecnologias da Internet das Coisas. A promoção do diálogo com as partes interessadas e a disponibilização de informação atempada sobre os progressos e os resultados alcançados está, portanto, no centro das atividades de comunicação dos projetos.

Para envolver e informar a audiência interessada e o público em geral, o consórcio implementará várias ferramentas ao longo de todo o projeto, tais como, newsletters trimestrais, um site interativo, comunicação através das redes sociais, infográficos, vídeos, briefings regulares, eventos abertos, entre outros.

George Beers, Gestor de Projetos na Universidade de Wageningen e Coordenador do Projeto IoF2020: “O projeto IoF2020 não trará apenas a Internet das Coisas para o setor agroalimentar, mas também terá como tremendo objetivo fornecer tecnologias que atendam às necessidades de toda a cadeia de valor e dos utilizadores finais e reforçá-los para os desafios do futuro. Juntamente com as 71 entidades envolvidas, acreditamos que o IoF2020 tem o potencial de conduzir a uma mudança de paradigma na forma como os alimentos são produzidos na Europa, do campo ao prato, e contribuir para reforçar a competitividade e a excelência Europeia nesta área”.

Participação Portuguesa no projeto IoF2020 através da empresa UNPARALLEL

A participação de Portugal no projeto IoF2020 é assegurada pela UNPARALLEL Innovation, Lda (www.unparallel.pt). A UNPARALLEL é uma PME tecnológica Portuguesa que tem por missão trazer novas soluções para o mercado, utilizando conhecimentos diferenciados e tecnologias maduras resultantes de uma forte aposta em Investigação, Desenvolvimento tecnológico e Inovação (I+D+I). A empresa dedica-se à conceção de tecnologias avançadas (hardware e software) e consultoria de elevado valor acrescentado na área das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (TICEs) como um enfoque principal em aplicações para a Internet das Coisas.

No projeto IoF2020, a UNPARALLEL contribui no desenvolvimento de um catálogo de tecnologias para a Internet das Coisas, e como base neste, no desenvolvimento de componentes reutilizáveis para utilização genérica e específica nos casos de uso do projeto. A UNPARALLEL participa ainda na elaboração de guias e abordagens para a utilização da arquitetura tecnológica comum a todo o projeto considerando, em particular, os aspetos de interoperabilidade e integração de sistemas. A UNPARALLEL atua também como ponto de ligação do projeto à comunidade Portuguesa relacionada com a Internet das Coisas e aplicação destas ao sector agroalimentar.

Importa notar que o projeto reservou um financiamento de 6 milhões de Euros para chamadas abertas (‘open calls’), onde outras entidades nacionais – do domínio agroalimentar ou tecnológico –poder-se-ão juntar ao projeto para explorar novos casos de uso complementares àqueles do projeto ou então estender o âmbito dos casos já existentes. A chamada está prevista abrir no mês de Julho’2018 e fechar em Dezembro’2018, com a execução dos trabalhos a arrancarem no início de 2019.

Bruno Almeida, sócio fundador da UNPARALLEL: “O mercado da Internet das Coisas encontra-se num crescimento vertiginoso, o que se reflete num conjunto alargado de oportunidades de negócio nas mais variadas áreas de aplicação incluindo no sector agrícola e alimentar. O projeto IoF2020 será um grande demonstrador de inovação da Internet das Coisas no sector do agroalimentar na Europa, com projeção a nível mundial. O projeto terá impactos muito significativos no sector e desenvolvimentos tecnológicos com grande potencial de aplicação noutras áreas e exportação internacional. A UNPARALLEL tem grande interesse na participação no IoF2020 para aumentar/melhorar a sua linha de produtos e serviços para a IoT”.

 Notas aos Editores:

 Sinopse de fatos importantes:

  • Programa e Instrumento: Horizonte 2020, Liderança Industrial, IOT-01-2016;
  • Orçamento total do projeto: 34,7 milhões de Euros;
  • Contribuição da União Europeia: 30 milhões de Euros;
  • Duração do projeto: 4 anos, 2017-2020;
  • Consórcio de projeto: 71 entidades;
  • Participação Portuguesa: 1 empresa – UNPARALLEL Innovation, Lda;
  • Ensaios piloto: 5 nas áreas da lavoura, hortícolas, fruta, carnes e laticínios contemplando 19 casos de uso.

Contactos:

Comunicação do projeto – Mr. Quentin Galland

Schuttelaar & Partners

Brussels, Belgium

+32 494 55 19 24

quentin.galland@schuttelaar-partners.com

Coordenação do projeto – Dr. George Beers

Wageningen University & Research

Wageningen, The Netherlands

+31 70 335 8337

George.beers@wur.nl

Contacto Português – Eng. Bruno Almeida

UNPARALLEL Innovation, Lda

Rua dos Inventores, Madan Parque, Sala 0.04

2825-182 Caparica, Portugal

+351 210 438 641

info@unparallel.pt

Comente este artigo
Anterior Campanha agrícola de 2016 com quebra de 30% na azeitona para azeite e mínimos nos cereais
Próximo Las legumbres y hortalizas frescas, un 18% más caras que el año pasado

Artigos relacionados

Sugeridas

www.syngenta.pt – Syngenta renova website

Já está online o novo website da Syngenta! Mais dinâmico e interativo, permite uma navegação intuitiva e melhor acesso a toda a informação sobre a atividade e novidades da Syngenta em Portugal.
A nova plataforma foi redesenhada na íntegra, de modo a constituir o cartão de visita da Syngenta em Portugal. […]

Comunicados

Press release – Give rabbits more space, urge Agriculture Committee MEPs – Committee on Agriculture and Rural Development

EU member states should encourage rabbit farmers to phase out conventional battery cages and replace them with healthier but affordable alternatives, such as park or pen farming systems, says the Agriculture Committee in a resolution voted on Wednesday. MEPs argue that improving rabbits’ welfare and living conditions would help prevent disease, […]

Comunicados

Commission welcomes agreement on new rules for organic production

Today, the negotiators of the Council and the European Parliament reached an agreement to update the rules for organic production, thereby accommodating the needs of a growing sector.
Following the decisive meeting, Commissioner for Agriculture Phil Hogan said: “We welcome the successful conclusion to today’s trilogue and the agreement reached on the Organics Regulation and believes that the new legislative framework will match the dynamism and expectations of this fast-growing sector, […]